Polícia Civil, que investiga o caso, diz que as primeiras informações apontam que a queda foi um acidente.

Foto: Reprodução Facebook

Uma mulher morreu após cair de uma altura de três metros, da sacada de um quarto de uma pousada, quando estava com o companheiro, na cidade de Porto Seguro, região turística do Sul da Bahia.

A Polícia Civil, que investiga o caso, diz que as primeiras informações apontam que a queda foi um acidente. O companheiro dela foi ouvido, acompanhado de um advogado, e liberado.

O caso ocorreu no feriado da Proclamação da República, por volta das 5h de quarta-feira (15). A mulher foi identificada como Beatriz Costa Norberto, de 40 anos, natural de Caravelas, cidade também no Sul da Bahia. O casal morava em Curvelo (MG).

Em depoimento, o companheiro de Beatriz, Wifried Lubenau, contou que o casal teria ingerido álcool e cocaína. Ele disse que ela teria caído depois de se desequilibrar da sacada, após uma brincadeira.

“Já ouvimos testemunhas, e nenhuma briga foi informada. A princípio, foi um acidente. Vamos ouvir mais testemunhas”, diz o delegado Rafael Zanini, da delegacia do Turista (Deltur) de Porto Seguro .

O marido dela contou que o casal tinha chegado na pousada após um passeio, e a mulher pediu para ele pegar um celular que ela tinha esquecido no carro. Quando ele retornou, não encontrou Beatriz e desceu para procurar a esposa.

Conforme o depoimento dele, depois de não conseguir encontrar ela fora do quarto, ele voltou ao local e encontrou a mulher lá. Foi quando ela contou que havia feito uma brincadeira de se esconder na varanda e, ao mostrar o local onde havia se escondido, acabou caindo.

Após a queda, ela chegou a ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) para o Hospital Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro, onde foi constatada a morte.

O corpo dela foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT), onde passa por perícia. Os exames devem comprovar se ela ingeriu entorpecentes e qual a causa da morte.

Beatriz trabalhava em uma boate na cidade de Curvelo. O marido dela é natural da cidade mineira, onde os dois passaram a morar há seis meses, depois que oficializaram a união estável na cidade de Teixeira de Freitas, no Sul da Bahia. Segundo o delegado, a polícia retornou à pousada depois do depoimento do marido, e ele já tinha feito o check-out.

Fonte: G1

Compartilhe: