Vítima estava em um posto de combustíveis quando foi levada pelos criminosos

Um caso bárbaro registrado em Sidrolândia passa a ser investigado pela Polícia Civil. 
Uma mulher de 34 foi abusada sexualmente na noite de quarta-feira (10), por três homens, que além dos abusos,que duraram cerca de seis horas, também a agrediram com socos e chutes, até ela conseguir fugir. 
A vítima saiu de casa às 22 horas, para comprar cigarro em um posto de combustíveis quando foi abordada pelos criminosos. O trio levou a mulher a força até uma Igreja na Rua Aroeira. Dois dos homens a violentavam enquanto outro a segurava e a ofendia.
Ela disse que gritou por socorro, mas não foi ouvida por ninguém. A violência durou até 4 horas da manhã, quando ela escapou e foi perseguida até perto de sua residência. 
A vítima relatou não conhecer nenhum dos agressores, mas garantiu que reconheceria pelo menos um deles caso ficasse frente à frente.
A polícia solicitou laudos de atos libidinosos diversos, lesão corporal e sexologia forense para ratificar as agressões denunciadas e, por meio de amostras, tentar identificar os estupradores através dos vestígios de DNA.

Correio do Estado

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.