Polícia cercou a área em que o assaltante foi morto em São José dos Pinhais – Foto: Banda B

Momentos de pânico para duas famílias na noite desta sexta-feira (12): um de São José dos Pinhais e outra de Curitiba. Depois de assaltar uma casa no bairro Boqueirão, fazer a família refém e levar vários pertences e dois carros, assaltantes foram perseguidos pela polícia e um deles acabou invadindo uma casa no bairro Bonecas do Iguaçu. O morador desta casa na Região Metropolitana contou que acordou com a polícia batendo na porta dizendo que tinha bandido ali. O suspeito estava mesmo na edícula, nos fundos, e foi morto após reagir. Ninguém das duas famílias ficou ferido. Os outros três bandidos fugiram.

Por volta das 22 horas, quatro ladrões invadiram a casa de um delegado no bairro Boqueirão, em Curitiba. Eles fizeram toda a família refém e recolheram vários objetos. O grupo fugiu em dois carros que estavam na garagem: um Sandero preto e uma caminhonete S10, da mesma cor.

Assim que as vítimas se livraram dos bandidos, acionaram a Polícia Militar informando os dados dos carros. Já em São José dos Pinhais, nas imediações da Rua Tavares Lyra, os policiais da RONE, do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar, encontraram a caminhonete. Houve acompanhamento tático até o momento em que o assaltante abandonou o carro e tentou fugir  pulando o muro de uma casa, como conta o tenente Johanes. “Assim que a equipe foi avisada do roubo no Boqueirão, já começamos a rastrear a caminhonete. Fizemos o acompanhamento até que um dos indivíduos entrou numa das casas. Informamos o morador, que acordou assustado, e cercamos o suspeito na parte de trás da casa. Ele saiu de trás de uma geladeira atirando. Nossa equipe revidou e o rapaz foi morto”, informou o tenente.

O suspeito morto foi identificado como Matheus Haram, de 20 anos. Ele usava uma tornozeleira eletrônica e estava portando uma pistola calibre 380. Todos os produtos roubados foram recuperados.

Susto

Na casa que o suspeito invadiu para tentar se esconder da polícia, estava um casal, que se assustou com toda a situação, como contou o dono da casa, que não será identificado. “Estava dormindo e minha esposa acordada. Foi quando ouvi batida forte na porta e vi que era a polícia. Eles estavam fardados e por isso abri a porta. Aí falaram que tinha bandido nos fundos da casa e que era pra gente se esconder. Depois começaram os tiros. Meu Deus do céu, que susto. Ele entrou pelo muro dos fundos e se escondeu atrás da geladeira. Acabou morto aqui no meu quintal”, contou o morador assustado.

Os demais comparsas do roubo, dois homens e uma mulher, fugiram e até o fechamento dessa reportagem não tinham sido encontrados.

Fonte: Banda B

Compartilhe: