A rebelião na Casa de Custódia de Curitiba (CCC), na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), iniciada na noite de domingo (1), continua. A informação foi confirmada pela Sala de Imprensa da Polícia Militar, que revelou que a polícia segue no local com as negociações.

Os detentos ‘viraram’ a cadeia no início da noite. Cinco agentes penitenciários teriam sido feitos de reféns. Não há informações, até o momento sobre feridos. A reportagem tentou contato com o Depen e com a Sesp nesta manhã, mas não teve retorno até o fechamento da matéria.

Familiares

De acordo com o relato de familiares de presos da CCC,  uma série de fatores levou ao amotinamento dos detentos, entre eles, situações de maus-tratos.

Atualização às 7h50

A Polícia Militar reafirmou que os presos continuam amotinados nesta manhã na Casa de Custódia de Curitiba. Segundo a PM, quatro agentes penitenciários são mantidos reféns desde a noite de domingo. Cento e setenta e dois presos estão rebelados. Não há feridos, segundo a PM e a situação é considerada ‘sob controle’, apesar de ainda existirem reféns.

Também no início desta manhã, um advogado que representa os detentos, chegou a unidade para acompanhar as negociações entre a Polícia Militar e os presos.

(Massa News)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.