Autoridades abriram uma investigação criminal por suposta negligência após uma mulher ser dada como morta, mas encontrada respirando dentro do necrotério poucas horas depois na cidade de Carletonville, na África do Sul. A mulher, que não teve identidade revelada, tinha sofrido um acidente de carro e foi encontrada por paramédicos, que a declararam como morta no local. Os funcionários do necrotério foram os responsáveis por perceber que a mulher estava viva e encaminhá-la ao hospital.
“Isso não aconteceu porque os nossos paramédicos são mal treinados. Não há prova de negligência da nossa parte”, explicou em entrevista ao jornal africano Times Live o operador de Socorro do local, Gerrit Brednick. “Estamos investigando o caso e vamos apresentar as nossas descobertas assim que as análises forem concluídas”, afirmou em entrevista ao canal norte-americano CNN o operador de ambulância do local. Agora, a mulher se recupera em um hospital de Joanesburgo.
(Painel Político)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.