principal suspeito de matar Rosemare Aparecida Neves, de 43 anos, foi preso em Santa Rita do Passa Quatro (SP), na tarde desta terça-feira (7). Segundo a Polícia Civil, Emerson Rodrigo Von Schmidt, 39, fugiu a pé para o estado de São Pauloapós o crime, que aconteceu no dia 21 de março deste ano.

Na ocasião, a vítima foi encontrada morta, com sinais de estrangulamento, dentro de um quarto de hotel na Rua Pedro Ivo, no Centro de Curitiba. Durante as investigações, a gerência do estabelecimento confirmou à polícia que o casal já tinha se hospedado outras vezes no local.

De acordo com o delegado Domingos de Mattos, de Santa Rita do Passa Quatro, a polícia chegou até o suspeito a partir da interceptação de um telefone usado por ele. “A Delegacia da Mulher de Curitiba, responsável pelo caso, descobriu que a torre de celular que ele usava era daqui da cidade. Eles fizeram, então, o levantamento dos dados e entraram em contato com a gente, pedindo apoio para prender o indivíduo”, explicou ele em entrevista à Banda B.

Com essas informações, os policiais de ambas as delegacias fizeram uma campana e, à tarde, entraram na residência onde Emerson estava escondido. “Ele não ofereceu resistência e já começou a confessar. Disse que aquela era a casa da atual namorada dele, que havia conhecido por meio das redes sociais, e admitiu que usava nome falso”, completou Mattos. Ainda não há detalhes, no entanto, sobre a motivação do crime.

Fuga a pé

Segundo o delegado, o suspeito confessou o assassinato e disse que, após ter matado Rosemare, com quem mantinha um relacionamento na época, começou a andar rumo a São Paulo. “Ele falou que caminhou até Limeira (SP) e, de lá, pegou carona até Santa Rita, onde a atual namorada mora. Tudo indica que ela sabia que ele havia cometido o crime e que estava escondido, mas isso ainda será apurado. Se confirmado, ela responderá por favorecimento pessoal”.

Além da morte de Rosemare, Emerson também deve ser autuado por um roubo que cometeu há cerca de duas semanas na cidade paulista. “A vítima desse roubo, um idoso, reconheceu o rapaz pelo delito. Na ocasião, o suspeito agarrou o senhor e deu uma gravata nele, para levar o celular”, comentou.

Emerson será transferido ainda hoje para Curitiba, já que o caso da morte de Rosemare está sob responsabilidade da Delegacia da Mulher.

(Banda B)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.