Um esquema de fraude em licitações públicas no Estado do Paraná foi desvendado pela Divisão de Combate à Corrupção, da Polícia Civil. Nesta terça-feira (11) foi deflagrada a “Operação Livre Concorrência” para cumprir seis mandados expedidos pela Justiça.

Os alvos são quatro empresas pertencentes a apenas dois grupos econômicos distintos que participam de forma dissimulada de licitações públicas, tentando transparecer que são negócios independentes. Essas empreiteiras participaram de licitações que somam mais de R$ 6 milhões.

Um dos certames previa a execução de serviços de reforma de 94 estabelecimentos da Rede Estadual de Ensino da Região Metropolitana de Curitiba; e o outro, obras de reparo urgentes na Cadeia Pública de uma cidade da região Centro Oeste do Estado.

É importante destacar que estas empresas investigadas não chegaram a participar das devidas licitações, pois os mecanismos do Estado apontaram indícios de fraude e as empresas foram desclassificadas – não havendo assim dano ao erário público.

Os mandados judiciais estão sendo cumpridos em Curitiba, na Região Metropolitana e na cidade de Campo Mourão.

Participam desta operação, policiais civis da Divisão de Combate à Corrupção em Curitiba e do núcleo em Maringá e da Subdivisão de Polícia Civil de Campo Mourão.

Mais detalhes serão repassados em entrevista coletiva às 14h30 na sede da Divisão de Combate à Corrupção (Rua Mário de Barros, 1556 – Centro Cívico, Curitiba).

O Governo do Estado está colaborando com todas as investigações em curso

A governadora Cida Borghetti ressalta que não aceita nenhum tipo de desvio de conduta dos seus funcionários e que criou a Divisão de Combate à Corrupção para reforçar o combate à esse tipo de crime. Hoje a divisão esta fazendo buscas e apreensão em uma operação que combate fraudes a licitação

O Governo do Estado vai aguardar a divulgação de mais informações a respeito dessa fase da Operação Lava Jato para tomar outras  providências.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.