A Câmara de vereadores de Cruzeiro do Oeste cassou na noite de quarta-feira (12) o prefeito Hedilberto Vila Nova Sobrinho, o Beto Sobrinho, a cassação ocorreu durante uma sessão extraordinária. Beto Sobrinho está afastado desde junho deste ano e desde então quem assumiu o cargo foi a vice-prefeita Helena  Bertoco.

As denúncias votadas e aprovadas contra Beto Sobrinho foram apresentadas pelo vereador Aparecido Delfino dos Santos, o Cidinho (PT) e por Carlos Siqueira Martins.

Após os pronunciamentos dos vereadores, o advogado de defesa Ailton Soares de Oliveira também fez o uso da palavra e lamentou os comentários vereadora  Rosy Anne Bertoco denegrindo Beto Sobrinho e um desembargador nas redes sociais.

“Eu vi muitos vereadores, embora eu seja avesso às mídias sócias e aqui faço nominalmente a vereadora Rosy Anne, lives e mais lives denegrindo o nome de uma pessoa sem que haja uma só condenação, denegrindo a imagem de um Desembargador do Tribunal, o qual essa casa responde” disse o advogado Ailton Soares de Oliveira.

Após o primeiro afastamento, Beto Sobrinho recorreu ao Tribunal de Justiça do Paraná e teve uma liminar concedida  na ocasião a vereadora  Rosy Anne Bertoco fez uma transmissão ao vivo em sua página do Facebook denegrindo um desembargador do Tribunal de Justiça do Parná.

Veja o vídeo:

O advogado de defesa também citou um áudio da vereadora Rosy Anne,  que foi postado em rede social que diz que não importava o que acontecesse quantas vezes forem necessárias irão ser feitas as denúncias até que ele (Beto Sobrinho) seja afastado, “então não precisamos ter crimes, o que precisamos e de denuncias para afastar o prefeito”, concluiu o advogado Ailton Soares de Oliveira.

Durante a sessão o advogado citou que áudios do Promotor de Justiça da Comarca de Cruzeiro do Oeste também foram postados em redes sociais, “eu acho extremamente temerário o promotor, Dr Wilson, se manifestar publicamente em áudios do Whatsapp que também já estão com os promotores de justiça e com o Conselho Nacional do Ministério Público, se manifestar favorável a destituição de um prefeito sem o final do processo, sem que ele tenha a capacidade postulatória desse processo político administrativo”.

O advogado explicou que o processo é coordenado pela câmara de vereadores, “esse promotor de justiça se fez o direito de publicar vários áudios orientando os vereadores em como proceder para derrubar o prefeito, isso é algo inédito”.

Ainda de acordo com o advogado os áudios e os vídeos denegrindo a imagem do prefeito Beto e do desembargador já estão em poder do Tribunal de Justiça do Paraná.

Sobre o afastamento e a cassação do prefeito Beto Sobrinho, o advogado de defesa afirmou que a acusação não respeitou os ritos legais e tem vícios processuais e garantiu que a decisão da Câmara será contestada e deverá ser derrubada no Tribunal de Justiça.

Ouça o áudio do advogado na íntegra:

 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.