Às 12h40 desta quinta-feira (29) a equipe formada por médicos e enfermeiros deu início a mais uma captação bem-sucedida de múltiplos órgãos no centro cirúrgico da Norospar, em Umuarama. Fígado, rins, coração e globo ocular foram encaminhados para pacientes do Estado, que mantém a liderança no número de transplantes de órgãos no País.

O doador foi um homem de Curitiba, que veio a Umuarama para visitar familiares e acabou sendo vitimado por um AVC (acidente vascular cerebral) hemorrágico.

O protocolo de morte encefálica foi concluído e durante o processo a família concordou em fazer a doação. A equipe da Norospar elogiou a atitude da família, que mesmo num momento de perda e dor, se preocupou em salvar vidas.

A captação foi feita por uma equipe do hospital São Vicente, da Capital, e contou com o apoio da equipe médica e de enfermagem da Norospar, integrantes da CIHDOTT (Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante.

A comissão está entre as mais atuantes do Paraná e tem contribuído para a manutenção do status paranaense de praticamente não ter fila de transplantes.

Na madrugada desta sexta-feira (30) será realizada uma outra captação em Umuarama, desta vez no Hospital Cemil. Ossos estão entre os órgãos doados por familiares do paciente, cuja identidade, por orientação da OPO (Organização de Procura de Órgãos) não pode ser revelada.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.