Um homem atirou contra várias pessoas e depois tirou a própria vida na tarde desta terça-feira (11), na Catedral Metropolitana, no Centro de Campinas -SP.

As informações preliminares dão conta que o homem, ainda não identificado, entrou na igreja, enquanto acontecia uma celebração. O homem estava armado com duas armas, um revólver calibre 38 e uma pistola. A princípio os disparos atingiram oito pessoas, 4 delas acabaram morrendo no local e quatro foram encaminhadas ao hospital após serem socorridas por equipes do Samu e do Siate.

Após realizar os disparos, o atirador, de aproximadamente 30 anos, foi até a frente do altar da catedral e tirou a própria vida. As câmeras do circuito de segurança do local registraram a ação do atirador. Segundo as forças de segurança, o homem entrou no local, sentou em um banco da catedral, ficou um pouco parado, e logo após sacou a arma e começou a atirar. O homem atingiu três pessoas que estavam sentadas atrás dele. Uma delas morreu na hora. Logo após, o homem continuou atirando e atingiu várias pessoas.

Duas vítimas estão no Hospital Municipal Mário Gatti, um no Hospital de Clínicas da Unicamp e outro no hospital Beneficência Portuguesa.

Jandira Prado Monteiro de 65 anos foi atingida por um tiro no tórax e sofreu ferimentos na mão. Eleno Severo Alves foi alvejado por dois tiros, um no tórax e outro abdômen, Eleno está em estado grave. Ambos estão no hospital Mário Gatti.

Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura de Campinas, o prefeito Jonas Donizette está estarrecido com o brutal crime e dedica suas orações às vítimas e suas famílias. A prefeitura continuará mobilizada acompanhando os acontecimentos.

Dentro de instantes mais informações.

(Catve)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.