Um acidente chocou o mundo há cinco anos: em 29 de dezembro de 2013, Michael Schumachero maior vencedor da história da Fórmula 1, sofreu uma grave lesão cerebral ao bater a cabeça contra uma pedra enquanto esquiava em Méribel, nos Alpes Franceses. Desde então, o estado de saúde do ex-piloto alemão, que completa 50 anos no dia 3 de janeiro, é um segredo guardado ferranhamente pelos familiares – o que também abre margem para especulações (e, claro, notícias falsas). No entanto, novas pistas foram dadas em 2018.

Oficialmente, sabe-se que Schumacher continua em tratamento em sua casa, na Suíça – em agosto, a revista suíça L’Illustré cravou que a família se mudaria para a ilha de Maiorca, na Espanha, informação negada pela assessora do alemão, Sabine Khen. Após o acidente, Schumacher passou seis meses internado em Grenoble (França) e, depois de sair do estado de coma, passou três meses na cidade suíça de Lausanne, até ir para casa, em 2014.

(Fonte: Veja)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.