Polyana Viana é uma lutadora brasileira do UFC. Na noite do último sábado, a atleta de 26 anos reagiu a um assalto em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio de Janeiro, e foi ela quem se deu melhor: dominou o ladrão que tentava roubar seu celular enquanto esperava um Uber na porta de seu condomínio.

Segundo reportagem do MMAjunkie, o rapaz se aproximou de Polyana perguntando as horas e fingiu que estava armado ao anunciar o roubo. “Quando ele viu que eu tinha percebido a presença dele, ele estava bem perto de mim. Ele me perguntou as horas. Eu disse, mas vi que ele não foi embora. Então pus o celular na minha cintura”, relembra a lutadora em entrevista ao site.

“Ele pôs a mão sobre o parecia ser uma arma, mas percebi que estava maleável. Ele estava bem perto de mim. Foi quando pensei: se é uma arma, ele não terá tempo de sacá-la. E dei dois socos e um chute. Ele caiu e o detive com um mata-leão”, explicou. Polyana imobilizou o ladrão até a chegada da polícia.

No fim, a lutadora descobriu que a “arma” utilizada pelo assaltante era na verdade feita de papelão. Polyana, que tem uma vitória e uma derrota no UFC, alega ter ficado calma durante a tentativa de roubo. “Como ele levou os socos muito rapidamente, acho que ele estava com medo”, analisa.

A última luta da brasileira pelo UFC aconteceu dia 4 de agosto, em Los Angeles. Na oportunidade, ela foi derrotada pela americana JJ Aldrich. Polyana tem um cartel de 10 vitórias e duas derrotas no MMA.

(Banda B)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.