Quem passou em frente ao Hospital Norospar no fim de semana recebeu orientações sobre a higienização correta das mãos e o uso responsável de medicamentos. O evento teve parceria dos cursos de enfermagem e farmácia da Universidade Paranaense (Unipar).

A ação foi alusiva ao Dia Mundial da Higienização das Mãos, comemorado no domingo (05). Além disso, o público pôde aferir a pressão e medir glicemia. O público que esteve no evento recebeu dicas da equipe de saúde do hospital e teve dicas importantes sobre quais os procedimentos corretos para lavar as mãos.

Foto: Assessoria/Norospar 

Um aliado importante é o álcool. De acordo com o doutor Ricardo Delfini o álcool elimina aproximadamente 90% dos tipos de bactérias passíveis de transmissão em hospitais. “O maior problema que temos dentro de todos os hospitais quanto a transmissão de doenças está em nossas mãos, que contêm um número grande micro-organismos que por estarem em ambiente hospitalar são mais resistentes. Então a higienização é um aspecto também de controle de infeção hospitalar”, destacou o médico.

Foto: Assessoria/Norospar 

Para medir se as mãos estavam de fato limpas foi instalada uma caixa com luzes especiais que apontavam pontos não-higienizados das mãos. “Existe todo um processo para lavar as mãos e na sequência a aplicação do álcool. Com esta atividade interativa queremos que as pessoas percebam onde faltou mais atenção”, explicou a enfermeira da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) do Norospar, Emily Thaís.

Foto: Assessoria/Norospar
Foto: Assessoria/Norospar

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.