Uma das atrações do 64º aniversário da cidade, a 1ª Feira de Empreendedorismo, Inovação e Tecnologia de Umuarama (1ª Feitu) será aberta às 19h30 desta quarta-feira, 12, no campus 3 da Universidade Paranaense (Unipar). Até o próximo sábado, empresários, microempreendedores, estudantes e pesquisadores da cidade e região apresentarão produtos, projetos e pesquisas na área de negócios, tecnologia e inovação.

Serão 25 estandes de microempreendedores e 15 de empresários da cidade. A feira terá ainda um fórum de debate econômico e social, onde os empresários discutirão finanças, tendências, inovação e cooperativismo. Para isso, a Prefeitura de Umuarama – por meio da Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo e a Casa do Empreendedor – preparou uma série de palestras, whorkshops e talk show com personalidades do meio tecnológico e de inovação, além de reconhecidos empresários e empreendedores regionais.

Após a abertura, nesta quarta, a primeira palestra será com o presidente da Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar), Allan Marcelo de Campos Costa. Com o tema “Crise para quem”, ele falará sobre transformação digital e novos modelos de gestão. “Quero inspirar e mobilizar pessoas para que se tornem agentes ativos em processos de transformação”, destaca o palestrante, que é empresário, empreendedor, consultor de negócios, conselheiro de administração, investidor anjo, mentor de startups, músico e motociclista de aventura.

“Acredita na capacidade das pessoas para promover transformações. Os maiores pecados das empresas contemporâneas são as obviedades, a mediocridade e as tartarugas nas árvores. Encontrei nas palestras que realizo a forma de manter essa espiral de conhecimento girando de forma permanente”, diz Allan Costa.

Na quinta-feira, 13, a palestra será com o presidente do Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob) de Minas Gerais, João Carlos Leite – o Joãozinho da Canastra –, com o tema “A impressionante ação em favor do desenvolvimento”. “Compreendo o cooperativismo como um agente de desenvolvimento territorial que valoriza as pessoas e a atitude empreendedora como forma de transformar realidades”, aponta o palestrante, que encanta o público com o seu “mineirês” e a bela história da criação da cooperativa localizada na pequena cidade de São Roque de Minas.

Já no dia 14 é a vez do talk show “Gente que faz um Brasil novo”, reunindo no palco o reitor da Universidade Paranaense (Unipar), Carlos Eduardo Garcia, o presidente da instituição financeira cooperativa Sicredi – Vale do Piquiri, Jaime Basso, o presidente do grupo Móveis Gazin, Mário Gazin, e o gerente de desenvolvimento econômico e empresarial Jean Alberini, que contarão um pouco da trajetória de sucesso, dividirão experiências de crescimento pessoal e empresarial com os presentes e trarão motivação para quem busca espaço no empreendedorismo.

OFICINAS

No sábado, 15, entre outras atrações, os visitantes poderão participar do workshop Oficina Design Thinking, que traz propostas de soluções inovadoras para problemas enfrentados na rotina das empresas, e também conhecer a starup LevelOne 2019, desenvolvedora de ideias com metodologias e conceitos inovadores.

“Teremos a palestra ‘Tendências’, com Nickolas Zeni Kretzman no anfiteatro central do Campus 3 da Unipar, a partir das 8h, e depois a oficina LevelOne será desenvolvida em salas de aula do bloco 2, nível B, sob a condução de Adriano Spanhol, Bruno Aldana e Rodrigo Martins”, convida o secretário municipal de Indústria, Comércio e Turismo, Douglas Bácaro.

Os participantes saberão o que são starups e como elas estão mudando o mundo; principais tendências tecnológicas e como explorar essas oportunidades; desenvolver ideias por meio da validação de problemas e soluções; estruturar ideias de forma estratégica com o Lean Canvas; tirar a ideia do papel e apresentação de projetos em forma de Pitch, entre outros aprendizados.

“É uma responsabilidade levar o máximo de informações aos empreendedores. Para isso, a Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo e a Casa do Empreendedor têm fechado muitas parcerias com o Sebrae, Fomento Paraná, universidades e outras organizações. Para a feira, o município conta com diversos parceiros. Queremos empresas preparadas para sobreviver em tempos difíceis e crescer”, apontou Douglas Bácaro.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.