Com o objetivo de reforçar o combate à violência contra a mulher e sensibilizar a sociedade, a Secretaria Municipal de Assistência Social – por meio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e Centro de Referência em Atendimento à Mulher (Cram) – desenvolverá durante nas próximas semanas a campanha Agosto Lilás, que prevê uma série de ações informativas a serem desenvolvidas ao longo deste mês.

A campanha foi criada através da Lei Municipal 4280/2018 e tem respaldo na lei estadual 4.969 e Lei Maria da Penha, de 29 de dezembro de 2016. “Com estas ações, nossas equipes querem divulgar junto às escolas estaduais e demais redes de atendimento do município informações referentes à prevenção da violência”, disse a secretária Izamara Amado de Moura, da Assistência Social.

“Queremos que os adolescentes, bem como a sociedade em geral, tenham percepção do que caracteriza a violência doméstica e familiar e ajudem a romper este ciclo de violência contra a mulher”, explicou.

A metodologia de trabalho da Campanha Agosto Lilás será realizada em conjunto entre a Secretaria de Assistência Social, o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e o Conselho da Comunidade. “Com o apoio da sociedade e juntos com os colaboradores nós somos mais fortes”, acrescentou a chefe da Divisão de Proteção Social Especial, Sandra de Sousa Oliveira Prates. A programação também tem o trabalho da chefe da Divisão de Política da Mulher/ Creas/Cram, Vanessa Luciane Nobre Pereira.

A programação inclui, além de ações informativas, reuniões com grupos de mulheres, panfletagem, as palestas “Violência doméstica – A Legislação e suas consequências” e “Lei Maria da Penha”, “Virando a página”, a roda de conversa “Violência doméstica em qualquer idade” e atendimento com diversos serviços e atividades. Confira abaixo a programação completa.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.