A Fundação Cultural de Umuarama realizou mais um Sarau Cultural do último domingo (29), com diversas apresentações artísticas e a exposição comemorativa “Pé de planta pede arte”, da artista plástica Claudia Lobato, no hall de entrada do Centro Cultural Vera Schubert, entre as 16h30 e 19h.

Comemorando aniversário, a pintora Claudia Lobato subsistiu a festa tradicional por algo inusitado. As velas tradicionais deram lugar por 45 cenas da natureza em forma de arte. A exposição comemorativa “Pé de planta pede arte”, uma mescla de natureza e arte, como a vida da artista, abriu o Sarau e permanecerá para visitação no hall do Centro Cultural até o dia 13 de outubro.

Em palco aberto ao público, a Companhia Eskéte encenou a peça “Pela Estrada Afora” e em seguida os visitantes puderam prestigiar apresentação da Fanfarra Municipal da Guarda Mirim e músicos locais de vários estilos. Ambulantes comercializaram livros antigos, artesanato dos mais variados tipos e utensílios domésticos personalizados.

“O Sarau visa estimular a produção cultural e promover um espaço para a valorização de artistas locais e da região, nas áreas musical, teatral e artes plásticas”, lembra a diretora da Fundação Cultural de Umuarama, Vera Lúcia de Oliveira Borges. As edições são mensais, em praças da cidade, sempre gratuitas ao público.

Nos últimos meses, o Sarau tem se tornado um ponto de encontro aberto para as pessoas se manifestarem artisticamente e apreciarem a criatividade dos artistas locais. “É um momento para a soma de conhecimentos, descobertas e vivências coletivas. Além disso, estimula a tomada de consciência, pois a cultura desperta a sensibilidade das pessoas para a sua volta”, disse o coordenador Marco Aurélio da Silva Tavares, regente da Cia Musical Schubert e do Coral Municipal de Umuarama.

A programação também é aberta ao público, basta apenas inscrever a apresentação ou exposição gratuitamente na fundação.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.