A sinalização vertical nos quatro cruzamentos que lideram as estatísticas de acidentes em Umuarama será reforçada com uma placa especial, a fim de alertar os motoristas e reduzir o número de colisões e atropelamentos. As placas deverão ser afixadas nesta semana pela Diretoria de Trânsito (Umutrans). Alguns desses acidentes deixaram pessoas feridas e prejuízos materiais, além de sobrecarregar o sistema de saúde com atendimentos de emergência.

De acordo com a Umutrans, o cruzamento com mais acidentes neste ano é o da rua Doutor Camargo com Avenida Flórida (seis colisões). Outros pontos com alto índice são os cruzamentos da Dr. Camargo com a rua Aricanduva, da Avenida Rondônia com a Avenida Parigot de Souza (próximo ao antigo Poliesportivo) e da Avenida Manaus com Apucarana, no Bosque Uirapuru.

“No cruzamento da Dr. Camargo com Flórida foi instalado um ‘anjinho’, que alerta os motoristas sobre a velocidade, e ainda assim muitos não respeitam e os acidentes continuam acontecendo. Por isso, vamos reforçar a sinalização com a placa indicando que aquele local é campeão em acidentes de trânsito, para chamar ainda mais a atenção dos condutores”, disse a diretora da Umutrans, Dianês Piffer. Um pouco acima, ainda na Dr. Camargo, está o cruzamento com a Aricanduva, segundo lugar em número de acidentes.

Nesses quatro cruzamentos já foram atendidos 17 acidentes de trânsito e alguns com certa gravidade. “Por isso, vamos implantar placas que alertam os condutores sobre essa condição. Os acidentes acontecem por falta de atenção e desrespeito às regras de trânsito, apesar da sinalização vertical e horizontal implantada pelo município”, explicou a diretora da Umutrans.

As novas placas informarão quais são (do 1º ao 4º lugar) os campeões em acidente de trânsito. Além dessa sinalização especial, a Diretoria de Trânsito também investe em orientação, campanhas educativas e blitze de conscientização dos motoristas em certos períodos do ano. Neste ano já foram registradas 13 mortes no trânsito, além de dezenas de feridos – alguns com maior gravidade – e prejuízos materiais.

Na última quarta-feira, 13, um automóvel atravessou a frente de uma ambulância do Corpo de Bombeiros na Avenida Manaus e chegou a tombar, com dois ocupantes feridos presos nas ferragens. “Os motoristas precisam estar mais atentos, respeitar preferenciais e limites de velocidade e evitar o uso de celular. O resultado das campanhas de trânsito depende dos motoristas colocarem os conhecimentos em prática”, completou Dianês Piffer.

Divulgação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.