A Assembleia Legislativa aprovou nesta quarta-feira (27) requerimento dos deputados Romanelli (PSB), Cobra Repórter (PSD) e Tercílio Turini (Cidadania) em que pede ao governador Ratinho Junior e ao secretário Sandro Alex (Infraestrutura e Logística) que “não seja autorizado qualquer reajuste no valor da tarifa do pedágio das rodovias sob a responsabilidade da Econorte”, notadamente as praças exploradas na BR-369 e PR-323. Normalmente, os reajustes são autorizados pela Agepar anualmente no dia 1º de dezembro.

“As tarifas praticadas pela referida concessionária são as mais altas das rodovias do Anel de Integração do Paraná e certamente dentre as mais altas de todo o sistema rodoviário concessionado do Brasil, com valores exorbitantes nas praças de Jataizinho (R$ 23,7 para automóvel), Jacarezinho (R$ 21,9) e Sertaneja (R$ 20,4)”, argumentam os deputados.

Veja também:

Romanelli, Cobra Repórter e Tercílio Turini pedem suspensão do aumento da tarifa do pedágio no Paraná

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.