A apreensão de mais de 300 quilos de cocaína foi realizada pela equipe ROTAM, do 7º BPM, no município de Goioerê, na madrugada desta quarta-feira (12). O homem que dirigia o veículo em que foi localizada a droga, conseguiu fugir.

Os militares estavam em patrulhamento pela Avenida Mauro Mori, quando suspeitaram da atitude do motorista de um veículo Renault Clio de cor cinza, que demonstrou nervosismo ao avistar a equipe policial.

Com isso, os militares decidiram abordar o veículo, sendo que neste neste momento o condutor desligou os faróis do carro e começou a empreender fuga, sentido a Campo Mourão.

A equipe realizou o acompanhamento tático, fazendo uso de giroflex e sirene, o que não inibiu o indivíduo, que continuou em alta velocidade pela rodovia com os faróis apagados. Instantes depois, ele abandonou o carro em um posto de combustível desativado as margens da rodovia, próximo ao trevo de acesso a cidade de Janiópolis e fugiu a pé pelo meio do matagal. Foram realizadas buscas no local, mas até o momento, o homem não foi localizado.

Em uma vistoria ao veículo, foram encontradas 204 caixas de essências para narguile, e diversos pacotes de substancia pó branco, com cor, característica e consistência análoga a “cocaína” ou produto para refino. A droga estava dividida em 30 pacotes, pesando 5kg (cinco quilo grama) cada, totalizando 150 kg (cento e cinquenta quilos), e mais 06 embalagens pretas contendo a mesma substancia pesando 26 kg( vinte e seis quilo grama) cada, totalizando 156 kg (cento e cinquenta e seis quilo grama). Tudo pesou 306 quilos.

Segundo a PM, a perícia para confirmar a substância será feita nesta quarta-feira.

O automóvel, com placas de Londrina/PR, não possui débitos pendentes, nem queixa de furto ou roubo, sendo o proprietário atual um homem natural de São Paulo/SP. Todo o material apreendido foi entregue na 14ª Delegacia regional de Polícia Civil.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.