O trecho final da Estrada Dias recebeu capa asfáltica nesta segunda-feira, 17, praticamente concluindo a parte de pavimentação. A obra inclui ainda galerias pluviais, bocas de lobo, gramado nas faixas laterais e sinalização de trânsito. “A parte mais importante da obra já está chegando ao final, uma ótima notícia para a comunidade que há tantos anos aguarda por melhorias estruturais”, disse o prefeito Celso Pozzobom, ao comentar a implantação do asfalto em mais esta estrada rural.

Ainda há frentes de trabalho em várias partes da estrada, entre o final da Avenida Presidente Castelo Branco e a antiga farinheira, na junção com a Estrada Pavão. O investimento total é de R$ 1 milhão 496 mil. A pavimentação começou pela ponte do córrego Tucuruvi e avançou em direção à serrinha, enquanto outra frente iniciou no final da Castelo Branco (próximo ao Condomínio Parque das Grevilhas). Nesta segunda-feira, as duas frentes se encontrariam e o pavimento seria completado até o final da tarde.

Além do asfalto, a Prefeitura implantou uma tubulação para travessia da água das chuvas após a ponte do ribeirão Tucuruvi, onde costumam ocorrer alagamentos em dias de chuvas mais pesadas. Outro ramal com tubos de 0,80 m também está sendo implantado para escoamento pluvial no “pé” da serrinha, direcionando a água para uma área de nascentes.

Pozzobom lembra que a obra foi possível graças a uma parceria entre o município e os moradores. Do custo total, R$ 500 mil são provenientes de emenda do deputado federal Toninho Wandscheer, R$ 489.209,19 serão custeados pelos proprietários rurais atendidos com a obra e os R$ 498 mil restantes são a contrapartida da Prefeitura. Esse tipo de parceria pode ser estendido para outras localidades, no futuro.

“Temos muitos pedidos de asfalto rural neste modelo, com recursos do município, do governo e dos proprietários rurais. Já estamos estudando outras possibilidades”, acrescentou o prefeito. “Mas também estamos atendendo várias estradas com readequação, cascalhamento e aplicação de dynabse, um agregante que aumenta a resistência do solo e serve até como base para uma futura pavimentação, como fizemos nas estradas Diacuí e Pioneiro”, lembrou Pozzobom.

A Estrada Dias está recebendo 14.415 m² de pavimentação em massa asfáltica quente – cerca de 2.400 metros de extensão –, além de um projeto completo de drenagem pluvial com galerias, bocas de lobo, poços de visita, descida de água em degraus e plantio de grama nas laterais de todo o trajeto. O prazo de execução expira em 14 de julho deste ano.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.