Muitos casais chineses parecem não ter resistido à proximidade integral que o confinamento domiciliar — medida necessária para conter a disseminação do coronavírus — obriga a ter.

Segundo informações da mídia chinesa, após a quarentena houve muita procura nos cartórios da China para pedido de divórcios. A cidade de 12 milhões de habitantes, Xi’am, até registrou um recorde de pedidos nas últimas semanas.

Em alguns distritos e províncias, devido a procura, os cartórios já não têm mais horários para atendimento.

Especialistas ainda não sabem o que está acontecendo para ter esse aumento de pedidos, e se esse fenômeno será observado por outros países que adotaram a quarentena, como no Brasil.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.