O prefeito de Milão, Giuseppe ‘Beppe’ acabou admitindo o erro de estratégia ao enfrentamento ao novo coronavírus, Covid-19, após um mês de ter lançado a campanha “Milano no se Ferma” (Milão Não Para), em 27 de fevereiro de 2020.

A campanha foi realizada nas redes sociais em plena pandemia do novo cornavírus, agora, as autoridades italianas acabaram admitindo o erro. Principalmente na região de Milão, onde é o epicentro da contaminação, teve o apoio do prefeito local. Ele pedia para que as pessoas não adotassem o confinamento e o isolamento social, além de se pontuar os seus “resultados econômicos importantes”.

“Porque, a cada dia, não temos medo. Milão não para”, dizia o vídeo.

Segundo a agência de proteção civil, nas últimas 24 horas, o número de mortes devido ao Covid-19 foi de 919. No total, até hoje (27), 9.143 pessoas morreram infectadas com o novo coronavírus.

Agora, o próprio prefeito milanês, Beppe Sala, admite: “Foi um erro. Ninguém ainda havia entendido a virulência do vírus”, disse aos jornalistas na quinta (26).

As informações são de Cláudia Collucci da Folha de São Paulo

Assista abaixo a campanha que foi reconhecida como “Um Erro”:

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.