Em carta aberta à população, o presidente americano, que chegou a cogitar o retorno à normalidade na Páscoa, pediu para que as pessoas fiquem em casa, não trabalhem doentes e evitem reuniões. O país tem mais de 85 mil infectados, ultrapassando a China.

Saiba mais em CBN

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.