O deputado Delegado Jacovós questionou por qual razão os exames de coronaviris, covid-19, por determinação da Secretaria de Estado da Saúde (SESA), estão sendo centralizados em Curitiba, causando prejuízos ao real conhecimento do quadro real de infecção no Paraná.

Jacovós destacou que o LACEN de Londrina, na UEL, e o Lepacm de Maringá, são competentes para fazerem o exame. O mesmo questionamento foi feito pelos deputados Tercílio Turini, Michele Caputo, Mara Lima, entre outros deputados.

O deputado Tercílio Turini em pronunciamento na sessão de hoje (30) na Assembleia Legislativa do Paraná, também pede a descentralização dos exames de coronavírus, com urgência e destaca que universidades estaduais têm estrutura para fazer testes e só dependem de autorização da Secretaria de Saúde do Estado.

Jacovós esclarece ainda que está havendo gastos desnecessários neste aspecto, visto que o dinheiro gasto com aeronaves para buscar os exames para levar para Curitiba, a economia do combustível dessas aeronaves poderia estar sendo usada, por exemplo, para comprar equipamentos de prevenção para os policiais civis e militares.

O deputado Jacovós cita o exemplo de escrivães de Polícia, investigadores e Delegados, que em situação de flagrantes de criminosos tem de ficar ao lado de bandidos sem nenhum equipamento de proteção.

“Está demorando de 10 a 15 dias para sair o exame em Curitiba. O quadro real de hoje, não é o real. Enquanto em outros países se conhece o exame em 15 minutos, aqui está demorando 15 dias”, compara Jacovós.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.