Uma mulher foi presa na Carolina do Sul (EUA), após tossir, lamber as mãos e tocar em alimentos de uma mercearia. Segundo informações da polícia local, dias antes, ela teria feito o mesmo em uma lanchonete.

Shenir Gibson Holliday, 38 anos, foi detida no sábado (02/05), após a polícia ser chamada por funcionários do supermercado IGA, na cidade de Sumter. Imagens de vigilância flagraram a mulher lambendo as mãos e tossindo antes de tocar nas portas do freezer e em vários produtos. Ela também foi filmada tocando em itens de outras seções do estabelecimento.

De acordo com informações publicadas no New York Post, Shenir também foi identificada como suspeita em um incidente similar em uma lanchonete. Ela foi acusada de lamber as mãos antes de pagar o funcionário do local. Além disso, a mulher teria espalhado a saliva na máquina de cartão, além de colocar moedas na boca e deposita-las na jarra de gorjetas.

Shenir é acusada de violação da paz, agravada por adulteração de alimentos, além de não cumprir o isolamento. O juiz do caso ordenou que ela fizesse o teste da Covid-19. Ela foi presa e teve fiança estabelecida em US$ 100 mil.

Se condenada, Shenir pode cumprir pena de até 20 anos de prisão por adulteração de alimentos, e 10 por violação da paz.

Fonte: Metropoles

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.