Em audiência no Palácio do Planalto com o presidente da república (PR) Jair Bolsonaro, na manhã desta quinta-feira (4), o deputado federal Sargento Fahur (PSD) discutiu medidas de fortalecimento das equipes da segurança pública que atuam no combate ao tráfico de drogas na fronteira. Na agenda, os políticos, que são amplos defensores de medidas mais rígidas contra criminosos, também analisaram a criação do Ministério da Segurança Pública, um sonho antigo do PR.

No ponto de vista do parlamentar, o tráfico de entorpecentes é uma das atividades ilícitas mais lucrativas atualmente, pois traz dinheiro aos grandes traficantes e facções criminosas, que compram armas e se fortalecem. “Sempre que tenho oportunidades de conversar pessoalmente com o chefe da nação eu procuro falar sobre reforços federais nas fronteiras para combate ao tráfico de drogas, pois a meu ver a droga (tráfico e consumo) é a principal propulsora do aumento dos índices de criminalidade no país todo”, observou Fahur.

O deputado destacou que “muitos crimes são cometidos em função das drogas, tais como furtos, roubos, corrupção de agentes públicos, homicídios, entre outros”, salientou.

A criação do Ministério da Segurança Pública, desmembrando-o do Ministério da Justiça, também foi tratada durante a reunião. A iniciativa é sonho antigo do presidente.

‘Fechado com Bolsonaro’

Ao fim do encontro, o deputado federal aproveitou a o

portunidade para reafirmar seu apoio a Bolsonaro.”Por fim olhei nos olhos do Presidente e lhe falei em alto e bom som: Presidente, estou fechado com o senhor. Conta comigo”, declarou Fahur.

Divulgação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.