Diante da paralisação das aulas, não há consumo de merenda dentro das Escolas e Cmeis. Contudo, a prefeita Helena Bertoco e a Secretária da Educação, Onilda Barbosa, decidiram por bem reverter os recursos do PNAE, que são valores referentes à compra da merenda escolar, em kit de merenda para serem entregues diretamente aos alunos, por entenderem ser de suma importância preservar o direito da criança à alimentação.

O PNAE é pago de forma per capta, ou seja, a cada aluno matriculado na rede, o município recebe a média de R$16,00 por mês, por isso todos os meses a Prefeitura complementa este valor para enriquecimento da merenda escolar, chegando por vezes a dobrá-lo.
A parceria dos produtores rurais, também é de suma importância na produção de pães, bolachas, verduras, legumes e frutas diversificadas, conforme a época de produção.
Nesta semana, foram cerca de 2.370 alunos que receberam um kit merenda que terão uma alimentação de qualidade, que é direito de toda a criança receber.

“Nossas crianças sempre estarão em primeiro lugar em minha gestão. Sou educadora e para mim não há melhor investimento do que semear conhecimento, dignidade e amor no coração de uma criança. A merenda é a forma que temos de mantê-las fortes e saudáveis, faremos cumprir esse direito”, afirmou a prefeita Helena Bertoco.

Ao manifestar-se nas redes sociais, gratidão foi o sentimento expressado pela Secretária da Educação, Onilda Barbosa “obrigada a todos os envolvidos nesta batalha, a Prefeita Helena Bertoco, aos diretores, professores, pais, ao supermercado e produtores que entregaram alimentos de qualidade aos nossos alunos que são a razão de ser e existir deste trabalho, um trabalho de muitas mãos”.

Fonte: Prefeitura de Cruzeiro do Oeste

Fotos: Divulgação

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.