Um garoto, de 11 anos de idade, sofreu com fortes dores por uma semana depois de colocar 20 bolas magnéticas no próprio pênis. Ele teve medo de contar aos pais sobre o acidente. A criança “curiosa” é de Dongguan, no sul da China, e precisou de cirurgia na bexiga para remover os brinquedos com ímã.

Segundo o site local AsiaWire, após reclamar de sangramento enquanto urinava, o menino foi levado ao hospital local para ser examinado. Foi quando a verdade veio à tona.

De acordo com Li Honghui, urologista chefe do Hospital Infantil Dongguan, o menino, cujos sintomas incluíam micção freqüente e dor ao urinar, foi diagnosticado com inflamação dolorosa .

Honghui realizou uma cistoscopia – uma endoscopia da bexiga – durante a qual ele conseguiu contar os ímãs agora enferrujados no órgão da criança. “Mas como não conseguimos remover uma série de 20 esferas através de uma cistoscopia, optamos por uma cirurgia minimamente invasiva”, disse em entrevista ao site.

O médico observou que a uretra era muito estreita para remover os objetos sem correr o risco de causar mais ferimentos. Mas a cirurgia foi considerada um sucesso .

“Em termos de inserção de objetos na uretra, encontramos o fenômeno em meninos de duas faixas etárias – cinco a seis e 10 a 13 anos”, explicou o especialista.

O médico alertou que as crianças podem ter muito medo de contar aos membros da família, por isso, ele aconselha que os pais a procurarem atendimento médico para os filhos se perceberem sintomas como micção frequente, dor na hora de urinar ou sangue na urina.

Fonte: Último segundo IG

Reprodução

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.