Os últimos boletins da Secretaria Municipal de Saúde indicam que a pandemia de Covid-19 continua se alastrando em Umuarama, que já registra 78 casos positivos. Apenas nesta terça-feira, 23, mais oito exames tiveram resultado positivo para o novo coronavírus. Os pacientes são dois homens de 34 e 38 anos e seis mulheres com idades entre 21 e 62 anos.

Com esse acréscimo, a cidade passa a ter 27 pessoas em isolamento domiciliar e três pacientes hospitalizados em enfermaria. Há mais nove pessoas internadas com suspeita de Covid-19 (duas em UTI e sete em enfermarias) de um total de 234 casos em investigação – 225 pessoas permanecem em isolamento, monitoradas pelo Centro de Operações de Enfrentamento à Covid-19 (COE) Municipal.

Esses pacientes são apenas de Umuarama. Pela condição de polo da cidade, a rede hospitalar também recebe pacientes de mais de 20 municípios e ainda pode ter leitos requisitados pelo Estado para a macrorregião que inclui as regiões de Paranavaí, Cianorte, Campo Mourão e até Maringá caso haja necessidade de leitos. Diante desse quadro, a Prefeitura vem reforçando a cada dia as ações de prevenção e combate à pandemia, envolvendo o máximo de seu efetivo na fiscalização e orientação da população.

Nesta terça-feira, 23, mais de 70 servidores comissionados voluntários, identificados com jalecos verdes, estão atuando nas ruas da cidade, realizando abordagem e levando orientações em comércios e residências no centro e nos bairros. O trabalho tem o apoio da Guarda Municipal (GMU) e de carros de som, que divulgam orientações nos locais da ação.

As equipes percorrem as avenidas Presidente Castelo Branco e Dr. Ângelo Moreira da Fonseca, em toda a extensão, e as regiões atendidas pelas unidades básicas de saúde (UBS) do Jardim Panorama, Conjunto Ouro Branco, Parque Vitória Régia, Parque San Remo, Jardim Cruzeiro (Cohapar III), Jardim União (Cohapar I), Jardim Lisboa, Praça Anchieta/Conjunto Guarani e nas UBS Bem Estar e Central. Um grupo organizado pela Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Umuarama (Aciu) percorre o comércio da Avenida Paraná.

“A orientação básica é quanto ao uso obrigatório de máscara em locais abertos, públicos e no comércio em geral, tanto por proprietários e gerentes quanto por colaboradores e pela clientela, determinado pela lei estadual 20.189/2020, decreto estadual 4.692/2020 e decreto municipal 087/2020”, lembra a secretária de Comunicação Social, Letícia Macedo D’Avila Corrêa.

Outra recomendação é a higienização constante das mãos, objetos pessoais e superfícies em ambientes de uso comum. É preciso reforçar os cuidados e atitudes para evitar o contágio do vírus e um deles é lavar frequentemente as mãos com água e sabão, onde for possível, ou utilizar álcool gel 70%, bem como limpar objetos e superfícies com álcool líquido 70%, orientam as equipes.

Manter o distanciamento social é uma prática fundamental em tempos de pandemia. Quanto maior é a distância física entre as pessoas, menos chances o vírus tem de se propagar. Também é importante manter em casa os idosos, as crianças e pessoas que dos grupos de risco (diabéticos, grávidas, hipertensos e portadores de doenças crônicas, especialmente pacientes com problemas respiratórios).

SUSPEITAS

O número de casos com suspeita de Covid-19 também vem crescendo em Umuarama – hoje são 234 pessoas, com 225 em isolamento domiciliar, monitoradas pelo Centro de Operações de Enfrentamento à Covid-19 (COE) Municipal. Elas cumprem quarentena com acompanhamento do quadro de saúde e aguardam resultados de exames que vão descartar as suspeitas ou confirmar mais casos positivos da doença.

“A observação e prática das medidas preventivas é a melhor opção que temos para controlar a situação. Com esse aumento no número de casos, corremos o risco de ficar sem leitos especializados em poucos dias, porque além dos umuaramenses a nossa rede hospitalar atende a uma região com quase 300 mil habitantes, alertou a secretária municipal de Saúde, Cecília Cividini.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.