A Polícia Federal cumpriu, na manhã de hoje (26), durante deflagração da segunda fase da operação Tangram, mandado de prisão preventiva contra indivíduo suspeito de participar do roubo às agências da Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e Itaú, em Pitanga/PR, no dia 19/03/2018.

O mandado de prisão é decorrente de coleta e análise de vestígios genéticos, realizada pela Polícia Federal, onde foi detectada coincidência de DNA encontrado no local do crime como o do suspeito e preso no dia de hoje.

Durante a primeira fase da operação policial foram cumpridos dois mandados de prisão e coletados 26 perfis genéticos de investigados, que acabaram por identificar outros 4 indivíduos como participantes em crimes de roubo qualificado contra agências bancárias em 4 cidades do Estado do Paraná.

O preso será indiciado pelos crimes de homicídio qualificado, roubo qualificado, dano qualificado, posse e porte de arma de fogo de calibre permitido e porte de arma de calibre restrito, crimes cujas penas podem chegar a 30 anos de prisão

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.