Mais uma ajuda importante para famílias em situação de vulnerabilidade foi entregue nesta terça-feira (30/6), com a presença do prefeito Celso Pozzobom e dos chefes do núcleo regional da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento (Seab), José Antônio de Andrade Duarte, e da Emater/PR, José Jaime de Lima: 100 cestas verdes, repassadas pelo governo do Estado, foram entregues a famílias inscritas no Cadastro Único e acompanhadas por unidades do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS).

Os donativos fazem parte do Programa Compra Direta Paraná, que destinou cerca de R$ 20 milhões para atender pessoas em situação vulnerável devido à pandemia de coronavírus, por meio do fundo de combate à pobreza. Equipes da Secretaria Municipal de Assistência Social, com apoio do pessoal do Banco de Alimentos e da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, montaram as cestas, compostas por frutas, legumes e verduras – como tomate, banana, laranja, batata-doce, alface, almeirão, couve, brócolis, cheiro verde (salsinha e cebolinha), além de bolachas caseiras.

O prefeito Celso Pozzobom agradeceu a parceria do Estado, importante para as famílias neste momento difícil, e informou que o município recebeu cerca de R$ 50 mil em alimentos, uma parte adquirida da Cooperativa dos Pequenos Produtores Rurais de Umuarama (Cooperu). “A ajuda está garantida por três meses, com repasses semanais que vão beneficiar cerca de 400 famílias, e pode ser estendida por mais 90 dias conforme o governo do Estado, se houver necessidade. É fundamental auxiliar as famílias neste momento e mais este apoio do governo chega em ótima hora”, disse.

O diretor de Agricultura e Pecuária, Vinícius Chimenez, lembrou que a Prefeitura já atende cerca de 800 famílias mensalmente com a doação de cestas verdes por meio do Banco de Alimentos, com a distribuição semanal de 215 cestas com produtos variados. As cestas foram montadas na sede do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do Idoso (SCFVI) ao lado do Clube do Vovô.

A Assistência Social tem atuado na doação de cestas de alimentos a famílias em situação de vulnerabilidade social, distribuição dos cartões do Programa Comida Boa, do governo do Estado – que possibilitam a compra de alimentos nos supermercados conveniados – e orientações sobre o auxílio emergencial de R$ 600,00 do governo federal, que injetou R$ 13 milhões 724 mil na economia local, entre outros serviços.

“A demanda aumentou bastante desde o início da pandemia, pois muitos pais e mães de família perderam renda, até os seus empregos, e enfrentam dificuldades para sustentar os filhos”, disse a secretária Izamara Amado de Moura. “Mas graças ao empenho do município na aquisição dos alimentos e também às inúmeras doações realizadas pelo comércio, entidades e pessoas físicas, tem sido possível atender a um grande número de famílias em vulnerabilidade, além das pessoas em situação de rua e demais necessitados”, completou a secretária de Assistência Social.

Div

Fonte: Prefeitura de Umuarama

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.