Um dos assaltantes morto em confronto com a Polícia Militar na noite de segunda-feira (29) já foi identificado, trata-se de Marlon Nunes da Silva de 18 anos.

Até o momento, o segundo assaltante, também morto durante o confronto, não foi identificado.

A ocorrência foi registrada em uma propriedade as margens da PR-482, trecho que liga Umuarama a Maria Helena. De acordo com a polícia militar, bandidos armados invadiram a propriedade e fizeram os moradores da residência como reféns. Porém, uma das vítimas conseguiu fazer contato com um amigo, que acionou a polícia militar durante a ação criminosa.

Quando as equipes da PM chegaram ao local, os assaltantes ainda estavam na propriedade. Com a chegada dos policiais, os bandidos tentaram fugir, o primeiro confronto aconteceu ainda dentro da residência e vitimou Marlon, que estava armado com um revólver.

O segundo confronto aconteceu em uma região de pasto, durante a tentativa de fuga de um dos assaltantes, que também foi baleado e entrou em óbito no local. Este, ainda não foi identificado, mas de acordo com a polícia, ele estava armado com uma pistola calibre 9mm, e em posse de R$ 2.900,00 reais, quantia que foi roubada das vítimas.

Os outros envolvidos ainda não foram localizados, a polícia suspeita de que sejam 4 assaltantes e possivelmente uma quinta pessoa, que teria dado apoio na fuga com um veículo.

As vítimas, assim como os policiais que atenderam a ocorrência, não se feriram. Equipes do Corpo de Bombeiros e do SAMU foram acionadas, um médico esteve no local e constatou os óbitos dos dois envolvidos no crime.

Marlon Nunes da Silva, que foi baleado durante o confronto, já possui antecedentes criminais pelos crimes de roubo e tráfico de drogas.

Marlon Nunes da Silva, 18. (Reprodução: Redes Sociais)
Revólver apreendido com Marlon após o confronto.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.