A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, entregou nessa terça-feira (30/6) 300 quilos de ração à Sociedade de Amparo aos Animais de Umuarama (SAAU). A entidade abriga cerca de 1.380 cães e 367 gatos. A ação é resultado do Leilão online Pró-Animal, promovido em 23 de maio, que arrecadou em torno de 15 mil reais destinados para a compra de 6 toneladas de ração.

52 entidades, de 40 municípios paranaenses, que se cadastraram no Leilão, estão recebendo a alimentação. Ao todo, mais de 10 mil animais serão alimentados.

“Essas ONGs fazem um trabalho muito importante de resgate e cuidado com os animais. Entendemos a necessidade de cada uma para manter esses ambientes, e a ração será uma grande ajuda”, destaca o secretário estadual do Desenvolvimento Sustentável, Márcio Nunes.

Cada entidade recebe ração de acordo com o número de cães e gatos que abriga.

DIFICULDADE – Por conta do coronavírus as entidades estão impossibilitadas de promover os eventos para arrecadar recursos – como bingos, pizzas e bazares – e aqueles também aqueles de incentivo à adoção, geralmente ações específicas semanais ou mensais. Por isso, muitas instituições de proteção animal não estão conseguindo fazer o básico, que é alimentar os animais que estão sob sua tutela.

Diante deste cenário, não conseguem resgatar novos animais em situação de abandono, pois não há estrutura disponível para o acolhimento e manutenção.

No Paraná, há aproximadamente uma centena de instituições que prestam assistência para, pelo menos, 40 mil animais por ano.

“Nesse momento de pandemia precisamos de solidariedade com essas entidades também. Doe ração ou qualquer outro recurso que ajude a manter a saúde e higiene desses animais”, ressalta a diretora-geral da secretaria, Fabiana Campos.

LEILÃO – A iniciativa foi da Frente das Organizações da Proteção Animal no Paraná (Fopar), com o apoio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, do Conselho Estadual de Direitos Animais (Ceda), da Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura, da Associação Profissional dos Artistas Plásticos do Paraná (Apap/PR) e de Helcio Kronberg Leilões. Foram arrecadados itens pessoais ou experiências com personalidades de destaque no cenário paranaense para a venda.

Fotos: Divulgação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.