Uma tragédia aconteceu na tarde desta segunda-feira (3/8) no Distrito de Simione, na cidade de Itanhangá (distante 530km de Cuiabá), e a cidade ficou em choque. Muitos foram os comentários de lamento e tristeza, pela morte da pequena Ana Mikaelly, de apenas 10 dias de vida.

Segundo informações repassadas pela Polícia Militar, a mãe foi fazer o registro de nascimento no cartório e deixou sua filha mais velha, que tem 15 anos, cuidando da casa e dos outros filhos, enquanto o pai estava trabalhando.

Um carregador de celular foi a causa provável do início do incêndio e a casa por ser de madeira, as chamas tomaram conta da residência rapidamente. A criança de 10 dias ficou no quarto e foi a primeira a morrer por conta da inalação da fumaça.

O sepultamento acontecerá no cemitério de Itanhangá, mas o horário não foi divulgado, também não haverá velório, segundo informações repassadas pela funerária Pax Plaeser.

Reprodução

Fonte: Esportes e Notícias

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.