O prefeito Celso Pozzobom e a secretária municipal de Assistência Social, ao lado do presidente da Associação de Apoio à Promoção Profissional (Apromo), Júnior Lopes, visitaram a nova unidade de acolhimento institucional da entidade, na antiga Creche Casa do Leite (no Jardim Vitória), que foi reformada e adaptada para acolher pessoas em situação de rua. O serviço, iniciado neste período de pandemia de coronavírus – quando praticamente dobrou o número de pessoas em situação de vulnerabilidade – terá continuidade no futuro, no novo ambiente.

Na época em que foi decretada situação de emergência por conta da pandemia, a Prefeitura e a Apromo instalaram um espaço emergencial operado em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social, na associação de moradores do Conjunto Habitacional Guarani, que acolheu centenas de pessoas para pernoite, com banho no local. “O atendimento aumentou mais de 100% tanto nessa unidade quanto no Centro Pop, nos últimos meses, passando de 1.700 por mês. Os acolhidos recebem café da manhã e lanche à tarde. Agora terão quatro refeições diárias na Apromo”, explicou a secretária Izamara Amado de Moura (Assistência Social).

Agora as pessoas em situação de rua terão mais conforto. A nova unidade fica na Rua Bandeirantes, 4210, esquina com Rua Tomás Antônio Gonzaga, nas proximidades da Igreja São Paulo. “Esse espaço surgiu da necessidade de acolher da população de rua, por não haver mais espaço na matriz, no Conjunto Guarani. Com a pandemia, buscamos alternativas para ampliar o atendimento e montamos o albergue provisório nos fundos da Apromo, junto com o município”, lembra o presidente da Apromo, Júnior Lopes.

A entidade buscava um lugar definitivo para ampliar o número de atendidos. Foi quando os proprietários do imóvel – uma organização – cederam o espaço sem custos de aluguel. A reforma foi realizada em três meses, com custo aproximado de R$ 100 mil. “Fizemos a parte elétrica e pintura, adquirimos móveis para acolher bem à população e tivemos o apoio de empresários, que ajudaram na obra oferecendo descontos nos materiais, colchões, beliches, coifas, tudo que foi necessário para montar quartos, cozinha e demais ambientes”, relata o presidente.

Júnior Lopes destaca também a parceria fundamental com a Prefeitura. “O projeto foi bem-aceito pela secretária Izamara e o sonho está realizado. Conseguimos rapidamente sair do provisório para o espaço definitivo, com melhores acomodações e atendimento especializado. A unidade dois consolida um trabalho socioassistencial de 29 anos da entidade, que a partir de 2009 passou a abrigar a população”, completou.

Na visita, o prefeito Celso Pozzobom lembrou que a Apromo tem o apoio do município para acolher moradores de rua e pessoas em situação de rua. “Essa parceria tem dado muito certo, graças ao cuidado que a Apromo tem com essas pessoas. É um trabalho que tem dado bons frutos e que deve permanecer, com todo acompanhamento da Assistência Social, e para isso asseguramos o nosso apoio”, comentou.

No local, a população de rua terá todo atendimento, quatro refeições diárias, atendimento psicossocial por profissionais (psicóloga e assistente social), uma cozinha profissional, pessoal de serviços gerais e monitores 24h por dia, 365 dias por ano (sem interrupções). A Apromo 2 atende pelo fone (44) 2030-2310 e fica na Zona V.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.