O governo do Estado deve retirar do texto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2021, a proposta de congelamento dos salários dos servidores públicos paranaenses até dezembro do ano que vem.

A proposta foi apresentada pelo Executivo no início do mês de julho, na forma de uma emenda ao projeto original da LDO, encaminhado à Assembleia Legislativa em abril. Na ocasião, o governo alegou que a medida era necessária por causa da queda de receita provocada pela pandemia da Covid-19, e que a lei sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro de socorro aos estados exige a suspensão dos reajustes salariais dos servidores.

Em reunião na segunda-feira, no Palácio Iguaçu, com deputados da base governista, o governador Ratinho Júnior (PSD) teria concordado com a retirada da emenda. A informação foi confirmada pelo líder do governo na Assembleia, deputado Hussein Bakri (PSD). “Não será objeto de discussão na LDO o congelamento de salários dos servidores. Isso será objeto de avaliação do governo dessa possível concessão de reajuste ou não”, explicou.

Fonte: Ivan Santos/Bem Paraná.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.