O proprietário de uma academia localizado na cidade de Goioerê/PR recebeu ameaças na noite de ontem (16) por parte do pai de um de seus alunos que em frente ao estabelecimento fez menção de estar portando arma de fogo e o chamou para um acerto de contas.

Segundo Boletim de Ocorrência registrado por parte da vítima, o desentendimento se deu após o mesmo impedir que o garoto de 10 anos fosse levado do local pelo pai. O proprietário complementou que a ação foi motivada por conta da mãe da criança que havia dado ordens que somente ela poderia buscar o filho, por estar enfrentando uma separação com o até então cônjuge.

Aborrecido, o autor deixou a academia em seu veículo, retornando em seguida, fazendo menção de estar portando arma de fogo, enquanto ainda havia alunos no local. Com receio e buscando por autopreservação a ocorrência foi registrada como ameaça na 2° CIA de Goioerê.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.