Em Tarabai (SP), o proprietário de um açougue foi preso por manter o estabelecimento clandestinamente. O flagrante foi resultado de uma operação deflagrada nesta quarta-feira (11/11) entre a Polícia Civil, Polícia Científica e Vigilância Sanitária.

Após uma prisão por furto de carcaças feita pela Polícia Militar, na cidade vizinha de Pirapozinho, o setor de investigações gerais da Polícia Civil iniciou uma investigação com intuito de descobrir o destino das carnes e identificou o açougue em “deploráveis condições de higiene”.

Com a informação, a Polícia Civil representou pela busca e apreensão judicial no local, junto a Polícia Científica e Vigilância Sanitária de Tarabai, cumprida durante a operação.

O açougueiro preso em flagrante deverá responder por crime contra as relações de consumo, pela constatação de carnes em estado “mais do que deploráveis” e “condições totalmente impróprias para o consumo”.

O homem foi preso por crime inafiançável e será apresentado à Justiça em audiência de custódia.

O estabelecimento foi lacrado pela Vigilância Sanitária.

Reprodução vídeo div
Reprodução vídeo

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.