A ação conjunta entre a Polícia Militar, a Polícia Civil e a Polícia Federal neste sábado (21) terminou na apreensão de 400 quilos de cocaína e na prisão de um piloto de helicóptero na região de Barbosa Ferraz, no Noroeste do Estado.

A ação envolveu policiais militares da Casa Militar da Governadoria e do 11° Batalhão de Polícia Militar. O piloto receberia R$100 mil para levar a droga de Terra Roxa para São Paulo.

A tripulação do helicóptero Resgate 04 da Casa Militar foi acionada pela Polícia Federal em Maringá para apoiar nas buscas a um helicóptero que estaria carregado de droga na região de Campo Mourão.

Segundo a Casa Militar, após duas horas de buscas a aeronave foi encontrada abandonada, a qual estava com aproximadamente 400 quilos de cocaína.

Em terra, as equipes do 11° Batalhão também foram acionadas para ajudar na ocorrência, e fizeram buscas para encontrar o piloto do helicóptero. Na rua Clóvis Bevilaqua, a equipe de Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam) avistou um homem em atitude suspeita.

Ao ser feita a abordagem, de acordo com o Boletim de Ocorrência, o homem teria afirmado que era de São Paulo e estava na região para visitar amigos, mas não soube explicar nomes e endereços das pessoas. A equipe policial fez uma revista pessoal, e na mochila dele encontrou um brevê de piloto com registro na ANAC.

Diante disso, o homem acabou confessando que era piloto do helicóptero apreendido pela Polícia Federal, e que pegou a aeronave em Terra Roxa para levar a São Paulo. Ele acabou preso e foi encaminhado à Delegacia da Polícia Federal para as medidas cabíveis.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.