Nesta terça-feira (24/11), a Polícia Militar de Entre Rios do Oeste foi acionada para comparecer até o Centro de Saúde, onde uma enfermeira denunciou que foi agredida fisicamente e verbalmente por um dos médicos que atendem na unidade.

No local, a mulher relatou que um paciente teria agendado uma microcirurgia com o médico de plantão e ela, como auxiliar de enfermagem, preparou a paciente para receber o procedimento.

Ao entrar no consultório para avisar que a paciente estava pronta para o procedimento, foi indagada pelo médico sobre qual enfermeira iria auxiliar no procedimento, já sendo informada de que não poderia ser ela.

Quando perguntou sobre o motivo pelo qual não poderia auxiliar no procedimento, a profissional teria sido agredida verbalmente pelo médico, sendo chamada de incompetente, entre outras injúrias.

A vítima contou ainda que informou ao médico estar gravando tudo, momento em que ele partiu para cima dela, lhe empurrando e agarrando, no intuito de pegar o celular.

Na sequência ela teria ligado para o Destacamento da Polícia Militar, para registrar o fato.

A vítima foi orientada dos procedimentos e dos prazos em virtude das escoriações visíveis em seu corpo.

O médico não foi encontrado no local.

Com informações do Costa Oeste News

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.