A Rebeca, cachorrinha que ficou popular nas últimas semanas por ter sido vítima de um grave acidente na Grande Curitiba, não resistiu aos ferimentos e morreu nesta terça-feira (12). Ela teve a boca dilacerada por um rojão na madrugada de 1º de janeiro, em Piraquara, região metropolitana da capital (RMC).

A informação foi confirmada pelo delegado Matheus Laiola, da Delegacia do Meio Ambiente (DPMA), que lamentou a notícia nas redes sociais.

Mais uma vítima dos fogos de artifício.
Acabei de ser informado pela Grupo Força Animal que a Rebeca não resistiu e…

Publicado por Delegado Matheus Laiola em Segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

No dia do ocorrido, o animal foi encontrado gravemente ferido por policiais da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA). As investigações para responsabilizar o culpado já estariam avançadas, de acordo com o delegado. “A gente ouviu algumas testemunhas e a principal linha de investigação é de que o cara soltou a bomba, a cachorra foi lá, a bomba grudou nela e estourou na boca. Ela era um cachorro comunitário da região ”, pontuou à Banda B.

Após o trágico episódio, Rebeca foi encaminhada à ONG Força Animal para passar por procedimentos médicos. Três dias depois do resgate, ela passou por cirurgia na instituição que a acolheu, embora o quadro ainda fosse grave.

“Ela estava em choque quando foi encontrada e agora foi estabilizada. A segunda etapa é retirar a mandíbula esfacelada, mas a maior preocupação é tentar preservar a língua na cirurgia para que ela possa se alimentar”, contou Danielly Savi, da ONG Força Animal, em entrevista à Banda B na segunda-feira (4).

Rebeca tinha 8 anos de idade.

Fonte: Banda B

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.