Uma enfermeira procurou a Polícia Civil na manhã desta desta segunda-feira (5) para denunciar que o hospital São Judas Tadeu, em Cuiabá, estaria desligando o oxigênio de pacientes internados com Covid-19. Ao FOLHAMAX, a profissional disse que o hospital está retirando os cilindros de oxigênio e deixando os pacientes morrerem e ela irá expor tudo isso com provas.

A mulher ainda disse que estava na delegacia naquele momento registrando o caso.  A enfermeira foi demitida do hospital por não aceitar a “estratégia da morte”.

Ela ainda contou que tem todas provas que podem incriminar a unidade de saúde.

Fonte: Fonte: FolhaMax / EMILY MAGALHÃES

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.