quinta-feira, 28 outubro 2021
UMUARAMA/PR

Piana participa de evento em homenagem aos atletas Olímpicos e Paralímpico do Paraná

Piana participa de evento em homenagem aos atletas Olímpicos e Paralímpico do Paraná

"Lembrar que esses atletas que levaram o nome do Paraná tão longe conseguiram tantos feitos, é um exemplo para nosso juventude”, destacou o vice-governador Darci Piana.

Torcida. Vibração. Emoção. Conquista. Assim foram os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio com a presença de atletas, técnicos, comissão técnica e árbitros do Paraná. Para homenagear esse trabalho, o Governo do Paraná, por meio da superintendência de Esporte, realizou uma cerimônia para destacar o trabalho árduo desses representantes na sexta-feira, 17, no restaurante Dom Antônio.

“Hoje é um dia muito importante para o povo do Paraná. Estamos homenageando nossos atletas que representaram o país e o nosso estado em Tóquio. Lembrar que esses atletas que levaram o nome do Paraná tão longe conseguiram tantos feitos, é um exemplo para nosso juventude”, destacou o vice-governador Darci Piana.

Ao todo foram 75 atletas do Paraná na maior competição esportiva do mundo. Por meio dos atletas do Paraná, o Estado conquistou diretamente 10 medalhas em Tóquio. As modalidades que subiram ao pódio foram futebol masculino (ouro), vôlei feminino (prata), vôlei sentado (bronze), para judô (bronze), esgrima em cadeira de rodas (prata), futebol 5 (ouro), paracanoagem (prata), natação (3 bronze). Somando a isto, técnicos, coreógrafos, auxiliares técnicos tiveram atletas medalhando na natação, atletismo, vôlei sentado, parataekwondo e ginástica artística. Também tivemos quebra de recordes sul-americano e brasileiro no atletismo.

O superintendente de Esporte do Governo do Paraná, Helio Wirbinski, afirmou que a cerimonia com entrega de certificação é uma forma de valorizar e reconhecer essa delegação que fez tanto pelo esporte do Estado e do país. “Um evento maravilhoso de recepção e comemoração dos nossos atletas, 75 atletas, 35 desses são bolsistas do Geração Olímpica. Cada dia que passa temos a certeza que o apoio a base, a estrutura esportiva traz resultados”, destaca superintendente do Esporte, Helio Wirbinski.

GERAÇÃO OLÍMPICA – Em 2021, o programa Geração Olímpica, do Governo do Paraná, completou 10 anos e conta com o patrocínio exclusivo da Companhia Paranaense de Energia, a Copel. Criado com o objetivo de fortalecer os esportes com presença nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, o programa destina bolsas para atletas e técnicos desde os anos iniciais – ainda na escola – até ao alto rendimento. Para receber uma bolsa é necessário estar federado no Paraná.

Dos 75 atletas em Tóquio, 25 fazem parte do programa Geração Olímpica (GO) com mais nove técnicos bolsistas. Os jogos na terra do sol nascente marcaram o melhor resultado: sete medalhas. Na esgrima em cadeira de rodas, Jovane Guissone conquistou a prata na espada. Já na natação, tivemos três bronzes: Eric Tobera (bronze no revezamento 4×50 livre), Débora Borges Carneiro (revezamento 4x100m misto, classe S14), Beatriz Borges Carneiro (100 m peito, classe S14). Já a quinta medalha foi de prata com Giovane Vieira na canoa VL3. No para judô, tivemos bronze com Meg Vitorino Emmerich. Com Gledson Barros, Jeferson da Conceição e Cássio Reis, o GO subiu ao lugar mais alto do pódio com a seleção masculina de futebol 5.

Assim superando a Rio 2016, a qual teve duas medalhas de prata pelos bolsistas Ágatha Bednarczuk (vôlei de praia) e Marcelo Santos (bocha adaptada). Em Londres 2012, Emanuel Rego (vôlei de praia) conquistou a prata.

No evento estava presente o bolsista do GO e único representante do parabadminton nos Jogos Paralímpicos de Tóquio, Vitor Tavares “Fiquei em quarto lugar em Tóquio. Dei meu melhor em cada jogo, disputei com os melhores do mundo. Perdi uma partida na semifinal e disputa de bronze, mas dei meu melhor. Agora vou focar no ciclo paraolímpico de Paris e espero contar com o apoio do Geração Olímpica , enfatiza Tavares.

Carregando as medalhas de bronze, Débora Borges Carneiro e Beatriz Borges relembram que viveram momentos incríveis em Tóquio. “A experiência foi incrível, por conta dessa medalha sinto à vontade de treinar mais e mais”, relembra Débora. Para Débora, essa conquista fez ela se sentir atleta de verdade e mostrar a sua capacidade de vencer dentro da piscina.

Somando aos atletas do GO, estava Ronan Cordeiro, do paratriathlon, o qual recebeu incentivo por meio do Programa Estadual de Fomento e Incentivo ao Esporte – Proesporte. Cordeiro conta que desde sua época de atleta de base foi contemplado com a bolsa do GO e fez a diferença em sua carreira, da mesma forma que o incentivo recebido pelo Proesporte nesse ciclo paralímpico.

NOVOS TEMPOS– O evento foi finalizado com a apresentação da mudança da logo do programa Geração Olímpica. Agora: Geração Olímpica e Paralímpica. Atualmente, o programa destina no mínimo 20% das bolsas para os atletas paraolímpicos. A mudança na marca é uma forma de incluir ainda mais os paratletas no programa.
Prestigiou o evento o ex-bolsistas GO e ex-atleta do vôlei de Praia, Emanuel Rego.

Veja abaixo a galeria de fotos:

Comente

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.

Mais lidas

Cafezal do Sul

Garoto de 5 anos convida sargento da PM para tomar café da manhã em sua casa

Nesta quarta-feira (27) o pequeno Gabriel, de 5 anos, teve um café da manhã diferente! Ele...
vakinha online

Moradora de Altônia que há 4 anos não recebe benefício do INSS pede ajuda

Luciana Alexandre da Silva, 41 anos, moradora de Altônia, procurou o Umuarama News,  em busca...

Notícias Relacionadas