domingo, 28 novembro 2021
UMUARAMA/PR

Justiça manda bloquear bens de ex-vereadora de Curitiba e seu companheiro, acionados por prática de “rachadinha”

Justiça manda bloquear bens de ex-vereadora de Curitiba e seu companheiro, acionados por prática de “rachadinha”

A então vereadora chegou a ser presa pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do MPPR, e responde também por processo penal pela possível prática dos crimes de concussão e peculato.

PorMPPR

Atendendo pedido formulado em ação civil pública pelo Ministério Público do Paraná, por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Proteção ao Patrimônio Público de Curitiba, a 3ª Vara da Fazenda Pública da capital determinou nesta sexta-feira, 22 de outubro, o bloqueio de bens, no valor de R$ 1.141.192,56, de uma ex-vereadora (2017-2020) e de seu companheiro.

A ação foi ajuizada nesta terça-feira, 19 de outubro, e aponta diversos atos ilícitos que teriam sido cometidos pela então vereadora, com auxílio de seu companheiro, como a contratação de funcionário “fantasma” e a prática de “rachadinha”. As investigações apontaram ainda que o companheiro da ex-parlamentar, sem ser servidor da Câmara, teria exercido na prática a função de chefe de gabinete. Ele teria inclusive ameaçado assessores de exoneração caso não participassem da “rachadinha”, chegando a fazer reuniões nas quais – aproveitando-se do fato de ser guarda municipal e ter porte de arma – teria colocado um revólver sobre a mesa como gesto intimidatório.

A então vereadora chegou a ser presa pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do MPPR, e responde também por processo penal pela possível prática dos crimes de concussão e peculato.

Na ação civil pública que gerou a decisão liminar de bloqueio de bens, o Ministério Público requer, no julgamento do mérito, a condenação dos requeridos às sanções previstas na Lei de Improbidade, como ressarcimento integral do dano causado ao erário, pagamento de multa, suspensão dos direitos políticos e perda da função pública.

Processos números 0006774-81.2021.8.16.0004 (cível) e 0014441- 28.2020.8.16.0013 (criminal).

Comente

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.

Mais lidas

PRF entra em motel a pé e agride esposa com coronhadas antes de atirar em homem

Procurado por agredir a esposa, de 32 anos, com coronhadas e tentar matar o suposto amante...
ESPERANÇA

Mãe de copiloto desaparecido em queda de avião pede ajuda para buscas: ‘Meu filho está vivo’

A mãe do copiloto do avião avião bimotor que caiu na última quarta-feira entre Ubatuba (SP) e...
CASOS DE FRAMÍLIA

Ex e atual acabam presos após briga por causa da mulher em Douradina

Em douradinha, dois homens, 56 e 31 anos, acabaram presos pela PM após brigar por...

Criminosos roubam carro, batem em caminhão e morrem carbonizados em acidente

Uma perseguição a um carro roubado com dois homens suspeitos de praticar o crime acabou...

Notícias Relacionadas