quarta-feira, 6 julho 2022
UMUARAMA/PR

Deputado apresenta projeto que pode baixar valor das tarifas de pedágio 

Deputado apresenta projeto que pode baixar valor das tarifas de pedágio 

Paulo Eduardo Martins destaca ainda que é urgente fomentar incentivos aos contratos de concessão rodoviária que são bastante onerosos e garantir o devido equilíbrio econômico.

O deputado federal Paulo Eduardo Martins (PL- PR), apresentou nesta terça-feira (21/06) um projeto de lei que visa, basicamente, diminuir o preço do pedágio para os usuários. O PL 1712/2022 pretende alterar a legislação atual e criar uma cota única de tributos às concessionárias.Dessa forma, as operadoras podem diminuir os seus custos e cobrar um valor mais acessível a quem precisa circular pelas rodovias pedagiadas.  

De acordo com o texto, a concessionária poderia optar em fazer o pagamento unificado de tributos equivalentes a 4% da receita mensal, medida por meio do contrato de concessão. Os impostos incluídos seriam o IRPJ (Imposto sobre a Renda das Pessoas Jurídicas), PIS/ PASEP(Programas de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor) , CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido)  e Cofins (- Contribuição para Financiamento da Seguridade Social).  

Para o deputado Paulo Eduardo Martins, que é pré-candidato ao Senado com o apoio do presidente Jair Bolsonaro (PL), é preciso derrubar os entraves que atrapalham a logística e o desenvolvimento da infraestrutura do país. “É urgente debater políticas de incentivos fiscais para garantir dinamismo à nossa economia. As rodovias pedagiadas são a nossa realidade. Mas, precisamos dar às concessionárias condições de oferecer um bom serviço, com um preço justo ao usuário”.  

No Paraná, já está em andamento um plano de concessões ambicioso, batizado de Rodovias Integradas do Paraná. De acordo com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), a malha rodoviária  do estado a ser concedida foi dividida em seis lotes, com extensão total de 3.350,39 km, entre trechos federais e estaduais.  

Paulo Eduardo Martins destaca ainda que é urgente fomentar incentivos aos contratos de concessão rodoviária que são bastante onerosos e garantir o devido equilíbrio econômico. “Temos que garantir melhorias para o cidadão no acesso a rodovias em boas condições de segurança e circulação. Que comecemos pelo nosso Paraná, para depois ganhar o Brasil”.  

Comente

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.

Mais lidas

Polícia Civil identifica dupla responsável por latrocínio tentado em Umuarama

A Polícia Civil, através dos Investigadores do GDE da 7ª SDP de Umuarama, conseguiu identificar...
Descaso em Alto Piquiri

População sofre com descaso em rodoviária e praça publica de Alto Piquiri

  Um dos cartões postais de Alto Piquiri vivi um momento critico, um total descaso por...

Trabalhadores na área de Saúde anunciam greve em Umuarama e região

Trabalhadores na área de saúde de Umuarama anunciaram uma paralisação a partir da próxima semana....
Prejuízo ao crime organizado

Contrabando na mira da Policia Federal

A Polícia Federal realiza neste momento terça-feira (05) uma operação contra grupo criminoso que atua...

Notícias Relacionadas