quarta-feira, 6 julho 2022
UMUARAMA/PR

Umuarama: Família envolvida em acidente está sem comida e pede ajuda à comunidade

Umuarama: Família envolvida em acidente está sem comida e pede ajuda à comunidade

O carro em que estava o casal com dois filhos pequenos, invadiu o canteiro central na av Pres Castelo Branco e derrubou um coqueiro

A família que se envolveu em um acidente de trânsito na região central de Umuarama no último final de semana, pede ajuda. O casal que estava no carro, junto com um casal de filhos pequenos, está praticamente sem renda e precisa de comida e fraudas.

Segundo a dona de casa Gislaine Santos Batista, de 28 anos, ela e o marido, voltavam para casa, no Jardim São Cristóvão, depois que saíram da residência de uma tia, nas imediações da Praça Anchieta, onde haviam jantado na noite do domingo (20).

Quem estava na direção do carro, um veículo Gol, de cor branca, era o marido de Gislaine, Raian Felipe Lopes, de 20 anos de idade. Ele trabalha na informalidade como diarista na construção civil e, agora está impossibilitado de prestar serviços, consequentemente ficando sem nenhuma renda.

“Raian sofreu ferimentos no joelho direito e teve que passar por uma cirurgia. Levou cinco pontos e não consegue se movimentar direito”, disse Gislaine.

A mulher, que também estava desempregada e ainda amamenta a filha Maysa Vitória, de apenas 4 meses, sofreu ferimentos no nariz e quebrou o tornozelo esquerdo. No mesmo carro, estava ainda o outro filho mais velho do casal, Derick Kawan, de 8 anos. Este e a pequena irmã, não sofreram ferimentos.

“Estou pedindo através do Site Umuarama News, ajuda das pessoas que puderem colaborar com cestas básicas e fraudas infantis tamanho ‘G’ pra minha filinha”, pede Gislaine.

O carro da família, este Volkswagen Gol, que era o único meio de transporte, ficou completamente destruído.

Relato do acidente
Gislaine ressaltou que tudo foi muito rápido, ela lembrou que, junto ao marido e os filhos, havia passado a tarde e a noite do domingo na casa de uma tia. Ela fez questão de deixar claro que ninguém ingeriu bebidas alcoólicas na confraternização familiar.

“Depois da janta, saímos de retorno para casa, quando chegamos naquele local (avenida Presidente Castelo Branco), vi que o carro bateu na quina de uma caçamba, derrapou e entrou no canteiro, derrubando o coqueiro”.

A mulher reforçou ainda que chovia muito no momento do acidente, havia pouca visibilidade e o asfalto estava muito encharcado, fatores que podem ter levado à colisão contra a caçamba e posteriormente à invasão do canteiro central da avenida.

Contato
Todos estão em casa, no jardim São Cristóvão, ainda em recuperação. Gislaine pede ajuda e qualquer donativo pode ser entregue pessoalmente na residência em que vive a família, na Rua São Pedro, 2.780. O contato pode ser feito pelo telefone (44) 99926-8735.

Comente

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.

Mais lidas

Polícia Civil identifica dupla responsável por latrocínio tentado em Umuarama

A Polícia Civil, através dos Investigadores do GDE da 7ª SDP de Umuarama, conseguiu identificar...
Descaso em Alto Piquiri

População sofre com descaso em rodoviária e praça publica de Alto Piquiri

  Um dos cartões postais de Alto Piquiri vivi um momento critico, um total descaso por...

Trabalhadores na área de Saúde anunciam greve em Umuarama e região

Trabalhadores na área de saúde de Umuarama anunciaram uma paralisação a partir da próxima semana....
Prejuízo ao crime organizado

Contrabando na mira da Policia Federal

A Polícia Federal realiza neste momento terça-feira (05) uma operação contra grupo criminoso que atua...

Notícias Relacionadas