sexta-feira, 19 agosto 2022
UMUARAMA/PR

Governador entrega mais 25,4 quilômetros de pavimentação da Estrada da Boiadeira

Governador entrega mais 25,4 quilômetros de pavimentação da Estrada da Boiadeira

A conclusão da Boiadeira tem um poder transformador fantástico”, afirmou Ratinho Junior.

O governador Carlos Massa Ratinho Junior entregou nesta sexta-feira (1°) um novo trecho da obra de revitalização da Estrada da Boiadeira (BR-487), no Noroeste do Paraná. Foram finalizados o asfaltamento e a sinalização viária de 25,4 quilômetros entre Icaraíma e Umuarama, passando pelo distrito de Santa Eliza.

Com isso, 40,42 quilômetros de pavimentação da rodovia que liga o Mato Grosso do Sul ao Paraná estão concluídos (86,14%), faltando apenas 6,5 quilômetros. A previsão é que o antigo sonho da população da região seja completamente finalizado no segundo semestre deste ano.

Foto: Marcelo Uliana/
Itaipu Binacional

“A consolidação do projeto da Boiadeira cria uma nova rota econômica no Paraná, que vai impulsionar demais toda a região Noroeste, uma região que por muitos anos ficou esquecida. O escoamento da safra ganhará agilidade e diminuirá custos, fazendo com que os produtores sejam beneficiados”, destacou o governador.

“Esse é mais um exemplo de obra estruturante estamos tirando do papel. Uma estrada que só existia o traçado e por isso era marcada no mapa. Virou prioridade agora e será transformada em uma grande artéria do Noroeste, ligando o Mato Grosso do Sul até Umuarama, facilitando a conexão com cidades como Campo Mourão e Maringá”, completou.

São 46,91 quilômetros de implantação de asfalto no total, com início na divisa do Paraná com o Mato Grosso do Sul, no distrito de Porto Camargo, em Icaraíma, até Umuarama. O pacote contempla ainda dois contornos (Santa Eliza e Icaraíma) e obras de arte especiais, com investimento total de R$ 223,8 milhões, fruto de um convênio do Governo do Estado com a Itaipu Binacional.

Estão em execução, neste momento, as obras de arte, como viadutos, pavimentação, terraplanagem e estruturação dos sistemas de drenagem.

O governador ressaltou que a restauração, implantação e pavimentação da Boiadeira é uma das intervenções mais emblemáticas em andamento no Paraná e que só saiu do papel graças à costura que resultou no convênio entre o Governo do Estado, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER/PR), o governo federal, via Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), e a Itaipu Binacional.

Foto: Marcelo Uliana/
Itaipu Binacional

“Uma obra que é fruto do diálogo e da união política, que conta com a parceria da União via Itaipu e tem no Governo do Estado o agente executor. A conclusão da Boiadeira tem um poder transformador fantástico”, afirmou Ratinho Junior.

“Era um sonho dos nossos pioneiros, já que se fala da Boiadeira desde a década de 1960. Uma estrada moderna que vai impactar na economia e na segurança de toda a região Noroeste. E falando especificamente de Icaraíma, facilitar o acesso ao município, que se tornou um grande polo turístico do Paraná em razão das belezas naturais de Porto Camargo”, ressaltou o prefeito de Icaraíma e presidente da Associação dos Municípios da Região do Entre Rios (Amerios), Marcos Alex de Oliveira.

“Tiramos esse sonho antigo do papel, dando novo passo para transformar a infraestrutura logística do Paraná”, afirmou o secretário de Estado da Infraestrutura e Logística, Fernando Furiatti.

DIVISÃO POR LOTES – A Boiadeira foi dividida em três lotes e as obras atuais fazem parte do chamado Lote 1. O DNIT está encaminhando o chamamento da empresa que venceu a licitação do Lote 2, entre a Serra dos Dourados e Cruzeiro do Oeste. Serão 37 quilômetros de obras, passando pela localidade de Lovat e coexistindo com a PR-323.

“Uma obra emblemática, junto com a construção do Trevo Gauchão, para Umuarama. A cidade se desenvolve por meio dessa parceria tão importante com o Governo do Estado”, disse o prefeito de Umuarama, Hermes Pimentel.

Essas conexões alcançam o Lote 3, o primeiro a sair do papel, em 2013, entre Cruzeiro do Oeste e Campo Mourão. Há expectativa de encerrar a revitalização da Boiadeira nos próximos anos, com mais de 150 quilômetros apenas no Paraná. Essa será uma das principais ligações do Paraná com o Mato Grosso do Sul, os dois maiores produtores agrícolas do País.

“Tudo isso se reflete nos custos logísticos da produção. O ganho de eficiência no transporte representa uma transformação para a região”, reforçou Ratinho Junior.

PARCERIA – O projeto da Estrada da Boiadeira faz parte de um conjunto de obras financiadas pela margem brasileira de Itaipu e executadas pelo Governo do Estado, em um pacote que soma R$ 1,4 bilhão em investimentos. Há também a construção da Ponte da Integração Brasil-Paraguai, entre Foz do Iguaçu e Presidente Franco; a duplicação da BR-469, a Rodovia das Cataratas, e a ampliação da pista do Aeroporto Internacional do Iguaçu, também em Foz; o Contorno de Guaíra; a duplicação do Contorno Oeste e da BR-277, em Cascavel; a revitalização da Ponte Ayrton Senna, em Guaíra; a implementação de iluminação viária em trechos da BR-277, na região Oeste; e a ligação entre Ramilândia e Santa Helena.

PRESENÇAS – Participaram do evento o chefe de gabinete da Governadoria, Darlan Scalco; o diretor-geral da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, Lucio Tasso; o deputado federal Sandro Alex; os deputados estaduais Márcio Nunes e Marcel Micheletto (líder do Governo); o diretor de coordenação da Itaipu Binacional, Luiz Felipe Carbonell; o presidente da Câmara de Vereadores de Umuarama, Fernando Galmassi; além de lideranças políticas da região.

Comente

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.

Mais lidas

APREENSÃO DE DROGAS

‘Batedor’ paraguaio é preso em Perobal, com 260 tabletes de maconha em fundo falso de camionete

Nesta sexta-feira (19), policiais das equipes Volante Alpha e PRv Iporã realizaram a abordagem da...
CONTRABANDO

Caminhão carregado de cigarros tomba na PR 323 e ‘batedor’ avisa do acidente

Um caminhão carregado de cigarros contrabandeados do Paraguai tombou na PR-323, em Umuarama, na manhã...
ESTRAGOS

Tempestade da madrugada causa danos na Rodoviária de Umuarama

Uma forte rajada de ventos durante a madrugada desta quinta-feira, 18, causou estragos no forro...
TRÁFICO DE DROGAS

Dupla desvia da abordagem policial e é presa por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas

Em patrulhamento de rotina em Tuneiras do Oeste, a equipe policial visualizou um veículo, ocupado...

Notícias Relacionadas