sexta-feira, 19 agosto 2022
UMUARAMA/PR

Produtor rural paranaense pode gerar Nota Fiscal por aplicativo

Produtor rural paranaense pode gerar Nota Fiscal por aplicativo

A ferramenta pode ser utilizada por agricultores, pessoas físicas, que comercializam produtos hortifrutícolas em operações dentro do estado para monitoramento fiscal das suas atividades.

O aplicativo Nota Fiscal Fácil (NFF) possibilita que contribuintes paranaenses que produzem e vendem produtos primários no Estado possam emitir notas fiscais eletrônicas de forma simples e rápida por meio dos seus próprios dispositivos. A ferramenta pode ser utilizada por agricultores, pessoas físicas, que comercializam produtos hortigranjeiros em operações internas para monitoramento fiscal das suas atividades.

Disponível para dispositivos móveis, tanto para o sistema Android como para IOS, o app já se encontra atualizado nas lojas da Google e da Apple. Para fazer o download é preciso acessar a loja do dispositivo móvel e pesquisar por “NNF Nota Fiscal Fácil”.

Ao baixar o aplicativo o contribuinte faz a identificação e autenticação através do portal do Governo Federal. Para utilizar a NFF, os produtores rurais só precisam ser cadastrados no portal “gov.br”, etapa necessária para fazer a autenticação do usuário sem a necessidade de certificado digital.

O sistema de emissão da Nota Fiscal está centralizado no Portal da NFF. Por meio dele serão realizadas a manutenção, a alteração e a inclusão de dados.

Após a identificação e autenticação, o contribuinte faz o cadastro dos produtos que serão vendidos. Através do portal “NFF” é possível consultar a lista de produtos disponíveis no Estado para cadastramento no app. É possível também cadastrar os clientes, facilitando na hora de emitir a nota fiscal.

Para emitir a nota fiscal é necessário informar a propriedade, o destinatário e o tipo de operação, de acordo com os produtos que serão comercializados. Também é preciso informar os produtos, conforme foram cadastrados, a quantidade e valores. O produtor também indica a forma de transporte e as informações adicionais da compra. O documento é enviado e autorizado, gerando a nota fiscal.

Os documentos digitais podem ser enviados para os clientes diretamente dos aplicativos de rede sociais instalados no aparelho, não havendo versão impressa. O produtor também pode baixar e imprimir o Danfe, caso ache necessário.

A ferramenta permite a emissão simplificada da nota fiscal eletrônica pelo produtor rural, mesmo em regiões que não possuam sinal de internet. A maioria dos campos da nota fiscal é preenchida automaticamente, graças ao cadastramento prévio de vários dados pela Receita Estadual.

Cada produtor pode instalar o aplicativo em até 10 aparelhos eletrônicos. O limite de transmissão sem internet é de 10 notas fiscais e não podem ultrapassar 168 horas pendentes de envio. As notas fiscais emitidas sem conexão não podem exceder o valor de R$ 50 mil.

Comente

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.

Mais lidas

APREENSÃO DE DROGAS

‘Batedor’ paraguaio é preso em Perobal, com 260 tabletes de maconha em fundo falso de camionete

Nesta sexta-feira (19), policiais das equipes Volante Alpha e PRv Iporã realizaram a abordagem da...
ELEIÇÕES 2022

Ficha Limpa – Procuradoria cobra certidão criminal de Lula para registrar candidatura

A Procuradoria-Geral da Eleitoral (PGE) cobrou, nessa quarta-feira (17), a entrega das certidões criminais de...
CONTRABANDO

Cerco policial resulta na apreensão de mais de 11 mil maços de cigarros, em Maringá

Diante da fuga de um veículo, ao qual foi dada ordem de parada no posto...
AGRESSÃO E MORTE

Em Londrina, pais denunciam filhos por agressão e em confronto com PM os jovens morrem

Dois rapazes morreram em confronto com policiais militares na madrugada de quinta-feira (18) na BR-369,...

Notícias Relacionadas