sexta-feira, 19 agosto 2022
UMUARAMA/PR

Governo Federal assina decreto para incluir Porto de Santos no programa de privatização

Governo Federal assina decreto para incluir Porto de Santos no programa de privatização

O Ministério da Economia sustenta que a concessão à iniciativa privada favorecerá a expansão, modernização e otimização do porto e suas instalações

O governo federal formalizou nesta quinta-feira (28), com a publicação de um decreto, a inclusão do Porto de Santos no Programa Nacional de Desestatização (PND), qualificando a empresa pública no âmbito do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI).

Assinado pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, o Decreto nº 11.152 acolhe recomendação do Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (CPPI), possibilitando que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) dê continuidade ao processo de privatização da antiga Companhia Docas do Estado de São Paulo, bem como dos serviços públicos portuários que ela desempenha.

O Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos do governo federal recomendou a inclusão da Autoridade Portuária de Santos no programa de privatização em meados de junho. Ligada ao Ministério da Infraestrutura, a empresa de capital fechado responde pela gestão e fiscalização das instalações portuárias e das infraestruturas públicos no maior porto da América Latina, por onde passam cerca de 25% de todos os produtos exportados e importados pelo Brasil.

Em nota, o Ministério da Economia sustenta que a concessão à iniciativa privada dos serviços públicos de organização do maior porto da América Latina e a transferência do controle acionário da Autoridade Portuária de Santos favorecerá a “expansão, modernização e otimização da infraestrutura e da superestrutura que integram o porto e suas instalações”.

Ainda de acordo com a pasta, a privatização garantirá “a modicidade das tarifas e preços praticados no setor; da qualidade da atividade prestada e da efetividade dos direitos dos usuários, além de estimular a modernização e o aprimoramento da gestão do porto e de suas instalações, a valorização e a qualificação da mão de obra portuária e a eficiência das atividades prestadas.”

O decreto estabelece que a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) poderá acompanhar os estudos técnicos contratados para estruturar o plano de desestatização da empresa, que será executado pelo BNDES, sob a coordenação e monitoria do Ministério da Infraestrutura.

O leilão do porto de Santos prevê exigências que terão de ser atendidas por seu novo gestor e que alcançam a cifra de R$ 18,5 bilhões em projetos de melhorias, ampliação e manutenção. Paralelamente a esses compromissos obrigatórios, o interessado precisa apresentar o lance pela outorga do porto, critério que teve seu valor inicial fixado em R$ 1,38 bilhão. Esse é o parâmetro de desempate. Vencerá o leilão aquele que apresentar a maior proposta de outorga, taxa paga ao governo federal pela administração do terminal.

Com a licitação, a atual gestora do porto, a estatal Santos Port Authority (SPA, antiga Codesp), será integralmente privatizada e não retornará para a União. Já as áreas físicas do porto serão concedidas a esta mesma empresa pelo prazo de 35 anos, sem prorrogação.

Dos R$ 18,5 bilhões de investimentos obrigatórios previstos, R$ 14,1 serão aplicados em manutenções, durante os 35 anos da concessão. Outros R$ 3 bilhões estão reservados para a construção de um canal submerso para ligar Santos e Guarujá. Hoje, a ligação entre as duas cidades é feita por estrada, em um trecho de 43 quilômetros de extensão. Outra opção é cruzar os municípios por meio de uma balsa. Já o túnel submerso terá apenas 1,7 quilômetros de extensão e será todo custeado pela iniciativa privada.

Os demais R$ 1,4 bilhão devem ser injetados em obras como novos acessos rodoviários, modernização portuária e aprofundamento do canal de Santos.

Comente

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.

Mais lidas

APREENSÃO DE DROGAS

‘Batedor’ paraguaio é preso em Perobal, com 260 tabletes de maconha em fundo falso de camionete

Nesta sexta-feira (19), policiais das equipes Volante Alpha e PRv Iporã realizaram a abordagem da...
ELEIÇÕES 2022

Ficha Limpa – Procuradoria cobra certidão criminal de Lula para registrar candidatura

A Procuradoria-Geral da Eleitoral (PGE) cobrou, nessa quarta-feira (17), a entrega das certidões criminais de...
CONTRABANDO

Cerco policial resulta na apreensão de mais de 11 mil maços de cigarros, em Maringá

Diante da fuga de um veículo, ao qual foi dada ordem de parada no posto...
AGRESSÃO E MORTE

Em Londrina, pais denunciam filhos por agressão e em confronto com PM os jovens morrem

Dois rapazes morreram em confronto com policiais militares na madrugada de quinta-feira (18) na BR-369,...

Notícias Relacionadas